Brasil registra mais de 9 mil casos de gastroenterite no 1º bimestre de 2022

Inflamação do trato gastrointestinal causa diarreia, náuseas e vômitos

Paula Nobreda CNNIngrid Oliveirada CNN*

Ouvir notícia

Nos dois primeiros meses deste ano de 2022, o Brasil registrou mais de nove mil casos de gastroenterite — atinge o estômago e intestino. Dos 9.729 casos, 1.024 infecções foram regitradas em São Paulo.

A doença é causada pelo norovírus. A transmissão acontece após o contato com uma pessoa infectada, por meio de gotículas de saliva, por alimentos ou água contaminados.

O quadro clínico é caracterizado pela diminuição da consistência das fezes e aumento do número de evacuações.

Rodrigo Barbosa, cirurgião do aparelho digestivo disse à CNN que esse tipo de doença costuma ter resolução espontânea e vir acompanhado por dor abdominal, náuseas, vômitos e diarreia, seus sintomas persistem entre um e três dias.

“Em caso de persistência o caso pode não ser viral e sim outra doença, como uma infecção bacteriana que demanda do uso de antibióticos a partir de orientação médica”, disse.

A prevenção pode acontecer com atos simples como a higienização das mãos e lavar bem os alimentos.

Como a inflamação está relacionada com aumento de evacuações, especialistas recomendam que o paciente se hidrate e em caso de piora, a procura de atendimento médico.

*Com informações de Lucas Rocha, da CNN

 

Mais Recentes da CNN