Com 1.086 mortes em 24h, média móvel no Brasil bate recorde pelo 12º dia

Total de pessoas que já foram infectadas por Covid-19 no país passou de 11 milhões

Enterro de vítima da Covid-19 em cemitério de Manaus
Enterro de vítima da Covid-19 em cemitério de Manaus Foto: Bruno Kelly/Reuters (17.jan.2021)

Juliana Elias,

da CNN Brasil, em São Paulo

Ouvir notícia

O Ministério da Saúde confirmou neste domingo (7) um total de 80.508 novos casos e 1.086 novas mortes por Covid-19, elevando o número de óbitos pela doença para  265.411. 

É o domingo com o maior número de mortes já reportado desde o início da pandemia, em fevereiro do ano passado, e também o primeiro em que os registros passam de 1.000.

Os dados reportados aos finais de semanas são mais baixos que nos outros dias por conta das equipes reduzidas nos laboratórios e nas secretarias de saúde.

Os números deste domingo também elevaram a média móvel semanal de mortes para um novo recorde: em média, 1.496 pessoas morreram por dia nos últimos sete dias, por conta do coronavírus. É a maior média já registrado desde o começo da pandemia e o 12º dia consecutivo de recordes.

Com os novos casos, o país passou de 11 milhões de pessoas já infectadas pela doença do novo coronavírus –11.019.344 diagnósticos.

De acordo com a estimativa do governo federal, um total de 9,8 milhões de pessoas, 88,5% do total de casos, já teria se recuperado. Outros 996.755 casos estão ativos, em acompanhamento.

São Paulo, o estado mais populoso, lidera as estatísticas, com 2,1 milhões de pessoas já infectadas pela Covid-19 e 61,4 mil mortos. Minas Gerais (922.573 casos e 19.523 mortes) e Paraná (725.797 casos e 12.591 mortes) seguem na sequência.

Balanço da Covid-19
Balanço da Covid-19 no Brasil para este domingo (7/03/2021)
Foto: Mininstério da Saúde

 

Mais Recentes da CNN