Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasil tem 6 mil casos de câncer de ovário ao ano; conheça formas de prevenção

    À CNN Rádio, o ginecologista e obstetra Domingos Mantelli reforçou que doença é uma das mais prevalentes na mulher

    Diagnóstico precoce do câncer de ovário é fundamental para o sucesso do tratamento
    Diagnóstico precoce do câncer de ovário é fundamental para o sucesso do tratamento Foto: Getty Images

    Amanda Garciada CNN

    Em 8 de maio foi celebrado o Dia Mundial de Prevenção do Câncer de Ovário.

    Segundo o Instituto Nacional do Câncer, a doença tem 6 mil novos casos por ano no Brasil.

    “O câncer de ovário, hoje, ainda é um dos mais prevalentes na mulher, atrás apenas do de mama e colo de útero”, disse o ginecologista e obstetra Domingos Mantelli.

    À CNN Rádio, no Correspondente Médico, ele definiu a doença como um “crescimento desordenado de células nos ovários, a partir dos 40 anos, mas cada vez mais diagnosticado em jovens.”

    O médico destacou que a doença pode ser agressiva, trazendo consequências para a saúde dos pacientes.

    O câncer de ovário apresenta poucos sintomas no estágio inicial, e, quando eles começam a aparecer, significa que está em fase evolutiva.

    “Neste caso, os principais sintomas seriam abaulamento abdominal, dores pélvicas e desconforto gástrico”, disse.

    Por esse motivo, Domingos afirmou que o rastreio é essencial, para que haja diagnóstico precoce, feito com exames ginecológicos de rotina, ultrassonografia e marcadores tumorais por exame de sangue.

    O especialista explicou que a genética não é a maior das causas da doença.

    “A obesidade está ligada ao aumento da incidência do câncer de ovário”, alertou.

    Dessa forma, mudar hábitos de vida, como praticar atividades físicas e evitar o tabagismo, vai ajudar na prevenção.

    *Com produção de Isabel Campos