Ceará negocia reforço para vacinar adultos até o final de agosto, diz secretário

Secretário de Saúde do Ceará disse à CNN que vacinação por idade e possibilidade de novas aquisições de doses contra a Covid-19 poderão acelerar campanha

Renata Souza*, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O estado do Ceará pretende finalizar a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 em toda a população adulta até o final de agosto.

Segundo explicou o secretário da Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto), à CNN, apesar de o estado não ter as doses suficientes estocadas, há um otimismo em relação à compra de vacinas diretamente pelo estado.

“O governo do Ceará vem trabalhando na perspectiva de obtenção de vacinas diretas pelo estado. Nós estamos muito otimistas com isso. Nós temos alguns contatos sendo feitos desde o começo do ano e, se isso acontecer, evidentemente, essa vacinação ser até mais rápida.”

Além da Sputnik V, adquirida via Consórcio do Nordeste, o secretário afirmou que negociam com um fabricante chinês. “Há tratativas que estamos fazendo com outros fabricantes na China que são possibilidades de aquisição, mas ainda não temos a confirmação”.

De acordo com Dr. Cabeto, o replanejamento da campanha de vacinação feito pela comissão bipartite, que integra o governo do estado e os gestores municipais, trouxe celeridade ao processo. “Quando mudamos aqui na comissão bipartite para os adultos por idade, isso deu muito mais agilidade, retirando o critério de grupos prioritários”, diz.

A secretária de saúde do Ceará adota como ferramenta o Saúde Digital, um cadastro único de vacinação em todo o estado. “Com esse sistema, é possível saber exatamente quem são as pessoas [que deverão ser vacinadas por faixa etária] e ter uma forma transparente para o município saber quem deve convocar, a forma de convocação e o tempo que ele vai levar.”

Dr. Cabeto disse ainda que a logística do sistema de saúde pública cearense permite uma ampla vacinação, desde que tenham as doses disponíveis.

“Na projeção que nós fizemos, se tivermos a entrega do Ministério da Saúde da forma como está prevista, nós devemos vacinar cerca de 3,5 milhões de pessoas até o final de agosto.”

Até este domingo (20), segundo informou Dr. Cabeto, a previsão é que cerca de 40% dos indivíduos maiores de 18 anos do estado tenham recebido a primeira dose. “Evidentemente isso tem impactado principalmente na mortalidade da população mais idosa”, conclui.

Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto)
Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto), secretário da Saúde do Ceará (20-06-2021)
Foto: Reprodução / CNN

* (sob supervisão de Elis Franco)

Mais Recentes da CNN