Cidade de SP vacina pessoas com 24 anos nesta terça-feira (10)

Secretaria Municipal da Saúde (SMS) espera imunizar cerca de 146 mil pessoas desta faixa etária

Rafaela Lara, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A cidade de São Paulo inicia nesta terça-feira (10) a vacinação contra a Covid-19 para pessoas de 24 anos. Ao todo, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) espera imunizar cerca de 146 mil pessoas desta faixa etária residentes na cidade. 

Esta faixa etária segue com prioridade até quarta-feira (11). Já na quinta-feira (12), será a vez de quem tem 23 anos. 

Para receber a primeira dose do imunizante, é obrigatório apresentar documentos pessoais de identificação, preferencialmente Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), além de um comprovante de residência no município de São Paulo. 

O documento pode ser apresentado em formato impresso ou digital. Caso esteja em nome de outra pessoa, é preciso comprovar o parentesco ou união estável.

Para evitar aglomerações, a SMS recomenda a consulta ao site De Olho na Fila antes do deslocamento para verificar a movimentação de pessoas em tempo real nos postos e escolher o melhor momento do dia para ir se vacinar.

O pré-cadastro no site Vacina Já agiliza o tempo de atendimento nos locais de vacinação. Basta preencher dados como nome completo, CPF, endereço, telefone e data de nascimento.

Fotos – vacinação no Brasil e no mundo

A SMS alerta que os cuidados contra a Covid-19 devem ser mantidos mesmo após a aplicação da vacina. Uso de máscara, higienização das mãos com álcool em gel e distanciamento social continuam essenciais no combate à pandemia.

Veja onde se vacinar nesta terça-feira: 

Megapostos, drive-thrus e farmácias: vacinação D1 e D2. Funcionamento das 8h às 17h.

Unidades Básicas de Saúde (UBSs): vacinação D2. Funcionamento das 7h às 19h.

AMAs/UBSs Integradas: vacinação D2. 
Funcionamento das 7h às 19h.

Todos os endereços dos postos de vacinação na cidade de São Paulo estão disponíveis no site Vacina Sampa. 

Mais Recentes da CNN