Com 300 mil mortos pela Covid-19, ritmo da vacinação no Brasil ainda preocupa

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

No mês mais letal da pandemia até o momento, o Brasil paga o preço pelos diversos problemas na vacinação contra a Covid-19. Com um cardápio de imunizantes pouco diversificado, no momento, o país conta apenas com as doses da Coronavac e da vacina de Oxford/Astrazeneca, que também passam por dificuldades na importação e produção. Pela sexta vez, o Ministério da Saúde rebaixou nesta semana a previsão de doses para o mês de abril. Mais de um ano depois do início da pandemia, o Plano Nacional de Imunizações segue permeado de incertezas. 

Neste episódio do E Tem Mais, Monalisa Perrone conversa com o sanitarista e ex-presidente da Anvisa Gonzalo Vecina, que explica a distância prática entre os novos contratos de compra de vacinas firmados pelo governo e a entrega efetiva dessas doses. Vecina também analisa os procedimentos de aprovação de novos imunizantes pela Anvisa e o atraso na entrega de doses que atinge o Brasil e o mundo. Também participa do episódio o infectologista e pesquisador da Fiocruz Julio Croda. Ele explica por que não é tão simples para o Brasil tornar-se autossuficiente na produção de vacinas, como sugeriu o presidente Jair Bolsonaro em pronunciamento nesta semana.

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

CNN Mundo

5 Fatos

Abertura de Mercado

Horário de Brasília

Na Palma da Mari

O Que Eu Faço?

Entre Vozes

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

Podcast E Tem Mais, com Monalisa Perrone
Podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã
Foto: CNN Brasil

Mais Recentes da CNN