Como funciona o bafômetro que detecta Covid-19 aprovado em Cingapura

Equipamento verifica presença do vírus e dá resultado em até 60 segundos, de acordo com fabricante

Sistema da Breathonix consegue detectar Covid-19 no hálito da pessoa analisada
Sistema da Breathonix consegue detectar Covid-19 no hálito da pessoa analisada Foto: Divulgação/Breathonix

Anna Satie, da CNN em São Paulo

Ouvir notícia

A agência reguladora de Cingapura aprovou provisoriamente na última semana um equipamento semelhante ao bafômetro que consegue detectar a presença da Covid-19. Essa é a primeira tecnologia desse tipo autorizada no território. 

A pessoa analisada sopra em um bocal descartável e consegue o resultado em até um minuto. É diferente de um teste RT-PCR, por exemplo, considerado o “padrão ouro” dos testes para Covid-19, que pode levar dias para ficar pronto.

O método de análise também é completamente diferente. O PCR é altamente preciso porque verifica o material genético do vírus. Já o bafômetro capta compostos orgânicos voláteis (VOCs, na sigla em inglês) no hálito da pessoa analisada.

“Esses compostos são produzidos consistentemente por várias reações bioquímicas nas células humanas. Doenças diferentes causam mudanças específicas nesses compostos, o que resulta em mudanças detectáveis no perfil de hálito de uma pessoa. Assim, os VOCs podem ser marcadores de doenças como Covid-19 e câncer de pulmão”, explica o site da Breathonix, empresa que desenvolveu a tecnologia. 

O sistema verifica esses compostos com uma técnica chamada espectometria de massa, que consegue detectar e separar moléculas por meio da massa e estrutura química de cada uma. Depois, essa amostra é analisada por um programa com aprendizado de máquina, ou seja, que fica cada vez mais inteligente de acordo com as informações que são inseridas nele. 

É diferente do bafômetro usado para detecção de álcool no Brasil, por exemplo, que é baseado em reações químicas do álcool com reagentes dentro da máquina. 

Em um teste clínico piloto no ano passado, o teste da Breathonix atingiu mais de 90% de precisão. 

Homem realiza teste do bafômetro para detecção de Covid-19
Homem realiza teste do bafômetro para detecção de Covid-19; os resultados desse tipo de teste são instantâneos
Foto: Reprodução/Breathonix

“Com as vantagens de um teste de Covid-19 em 60 segundos no local, o sistema da Breathonix poderia ser usado potencialmente para testes em massa em áreas de grande tráfego”, disse Neo Kok Beng, presidente da empresa, sugerindo o uso em aeroportos, portos e centros de transporte, além de locais de competições esportivas e jogos, como as Olimpíadas. 

Entretanto, apesar da taxa de falso negativo ter sido baixa nos testes, a companhia diz que essa chance “não pode ser descartada”. Os indivíduos que testarem positivo no bafômetro devem confirmar o diagnóstico com um teste RT-PCR.

A Breathonix, que é subsidiária da Universidade Nacional de Cingapura, disse estar trabalhando com o Ministério da Saúde local para realizar um teste de implantação da tecnologia em um dos pontos de fronteira da cidade-estado com a Malásia.

A análise será feita junto de um teste rápido de antígeno, já obrigatório atualmente.

Outros países, incluindo a Indonésia e a Holanda, já têm sistemas de teste semelhantes. 

(Com informações da Reuters)

Tópicos

Mais Recentes da CNN