Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Covid é protagonista de mortes por síndrome respiratória, alerta infectologista

    À CNN Rádio, Marco Aurélio Sáfadi afirmou que é muito importante que público vulnerável busque a vacinação com o imunizante bivalente contra a doença

    Agência Saúde DF

    Amanda Garciada CNN

    O infectologista Marco Aurélio Sáfadi alertou que “ainda temos o Sars-Cov-2, que causa a Covid-19, como protagonista das hospitalizações e mortes” por Síndrome Respiratória Aguda Grave.

    À CNN Rádio, ele destacou que o predomínio dos casos graves da doença é entre idosos de 65 a 75 anos.

    Mesmo assim, o especialista destaca que “a despeito do aumento da circulação e casos do vírus”, hoje isso não se reflete no número de vítimas e hospitalizações.

    “A doença tem um comportamento diferente e isso se deve ao efeito da vacina”, defendeu.

    Sáfadi trouxe dados dos Estados Unidos, que começou há mais tempo a imunização com a vacina bivalente contra a Covid-19.

    Segundo ele, o imunizante atualizado permite “resposta imune vigorosa” e, entre idosos, permitiu 12 vezes mais proteção em quem se vacinou com o composto do que quem não estava vacinado.

    O infectologista afirmou que a ampliação do público que deverá receber a bivalente – que, hoje, é de idosos, imunossuprimidos, indígenas e quilombolas – dependerá do comportamento da Covid-19.

    “Há necessidade importante de vacinar idosos e imunossuprimidos, por exemplo, mas a expansão para jovens e com que frequência dependerá da evolução.”

    O importante, de acordo com ele, é que os dados de proteção da vacina “são inquestionáveis”.

    *Com produção de Isabel Campos