Curitiba faz mutirão de doses de reforço contra a Covid-19

Pessoas acima de 70 anos e imunossuprimidos são vacinados

Iara Maggionida CNN

em Curitiba

Ouvir notícia

Neste sábado (17), Curitiba realiza um mutirão a fim de ampliar a aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em idosos e imunossuprimidos. Serão contemplados idosos com 70 anos ou mais que completaram o ciclo de imunização até o dia 23 de março. São aqueles que já atingiram 180 dias ou mais da data de aplicação da segunda dose.

Também poderão receber a dose de reforço pessoas imunossuprimidas que completaram a imunização até o dia 22 de agosto, ou seja, já completaram 28 dias ou mais da segunda dose. Serão atendidos transplantados de órgão sólido em uso de imunossupressor, transplantados de medula óssea, pessoas vivendo com HIV/Aids, pessoas em tratamento de quimioterapia e outras condições de imunossupressão.

A estimativa da Secretaria Municipal da Saúde é que cerca de 27 mil pessoas se enquadram nesse critério da dose de reforço. São 19 pontos de vacinação, sendo que quatro funcionam por Drive-Thru. Todos que fazem parte desse público estão sendo convocados por mensagem pelo aplicativo Saúde Já, que deverá ser apresentada na hora da vacinação.

Saúde Já

Quem faz parte dessas faixas etárias deve acessar o aplicativo Saúde Já. Ao realizar o acesso aparecerá uma mensagem de “pop-up” com o comunicado de que aquele usuário está sendo convocado. Quem for convocado e não conseguir comparecer deverá aguardar nova data de convocação para dose reforço que dependerá de chegada de vacinas.

Aqueles que não receberam a mensagem de convocação pelo aplicativo não são elegíveis para receber a dose de reforço neste momento.

Mais Recentes da CNN