Diabetes pode ser agravante para Covid-19; médico tira principais dúvidas

Endocrinologista explicou porque vírus pode trazer mais riscos para os pacientes crônicos

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Portadores de diabetes devem redobrar a atenção para os sintomas da Covid-19, pois a doença crônica pode agravar a inflamação pelo novo coronavírus. Em entrevista à CNN neste domingo (7), o médico endocrinologista Bruno Halpern esclareceu as principais dúvidas enviadas pelos telespectadores sobre o assunto.

Halpern explicou que uma das principais característica da diabetes é a complicação de diversas doenças por dificultar o combate a inflamações pelo sistema imunológico.

“A diabetes, em geral, está associada com a obesidade, resistência à insulina e inflamação. Nosso corpo fica inflamado sempre e quando tem um agressor externo a capacidade de nosso corpo de reagir é pior. É como se o exército estivesse mobilizado fazendo outras coisas e quando chega um inimigo comum ele não consegue se organizar pra resolver a questão”, exemplificou.

Leia mais:
O pior já passou para o Brasil? Especialistas avaliam números da Covid-19Médico explica riscos em deixar de procurar hospitais por medo de Covid-19
É seguro ir à praia? Especialista orienta sobre lazer após relaxamento de restrições

O especialista disse que quem tem pré-diabetes, ou seja, um nível de glicemia (açúcar no sangue) entre o normal e diabético, também corre riscos com a Covid-19, principalmente por essa condição estar associada a outras doenças crônicas.

“Tudo o que falamos sobre Covid-19 são informações que surgiram nos últimos seis meses, mas o que sabemos é que o pré-diabético tem essa mesma inflamação [do corpo]. O pré-diabético por si só não é considerado um fator de risco isolado, mas a gente sabe que quem tem pré-diabetes tem outras coisas, como hipertensão ou obesidade.”

Mais Recentes da CNN