Estudo em Manaus analisa dose de reforço da AstraZeneca

Pesquisa será feita com mais de 5 mil pessoas que completaram o esquema vacinal pelo estudo CovacManaus

Carol Queirozda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O estado do Amazonas realizará um estudo para avaliar a eficácia da dose de reforço da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19.

A pesquisa será feita com mais de 5 mil pessoas que completaram o esquema vacinal pelo estudo CovacManaus, que começou em março deste ano.

Doses da Coronavac foram doadas pelo Instituto Butantan e trabalhadores da educação e da segurança pública com comorbidades e que vivem em Manaus foram vacinados com duas doses.

O objetivo da pesquisa era entender o impacto da vacinação neste público. Os resultados preliminares dos seis primeiros meses de acompanhamento já foram divulgados, e, segundo os pesquisadores, 91% dos voluntários apresentaram anticorpos com a primeira dose e 99% com a segunda.

O estudo agora continua com a dose de reforço, na qual as pessoas receberão a vacina da AstraZeneca.

Desse modo, a pesquisa vai avaliar e entender como o imunizante da AstraZeneca vai se comportar neste grupo de indivíduos com comorbidades.

Mais Recentes da CNN