Estudo mostra que Covid-19 mata mais homens do que mulheres

Pesquisadores brasileiros reuniram informações de mais de 120 mil pacientes com a doença

Tiago Américo, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

Homem, idoso e com mais de uma comorbidade. Essas são as características que definem o perfil das pessoas com mais risco de morrer por Covid-19, segundo estudo feito por pesquisadores brasileiros. O levantamento, feito entre fevereiro e outubro, considerou a experiência de 120 mil pacientes contaminados. 

Entre as comorbidades mais comuns, estão diabetes, hipertensão e doenças pulmonares crônicas, neurológicas e cardiovasculares. 

São Paulo é o estado com o maior número de casos graves, com uma média de 294 hospitalizações a cada 100 mil habitantes. 

UTI Covid-19
Estrutura de hospitais com leitos de UTI e enfermaria para o tratamento da Covid-19
Foto: CNN Brasil

Mais Recentes da CNN