EUA têm segundo maior aumento de casos de Covid-19 desde início da pandemia

Foram registradas 76.195 novas infecções, número que só foi maior há mais de três meses

Fila de ambulâncias do lado de fora de hospital em Nova York
Fila de ambulâncias do lado de fora de hospital em Nova York Foto: Brendam McDermid/Reuters (25.set.2020)

Reuters

Ouvir notícia

O número de casos novos de Covid-19, relatado nos Estados Unidos nesta quinta-feira (22), foi o segundo maior já registrado e ocorre pouco depois de um pico no verão, enquanto a disseminação do novo coronavírus se acelera em quase todas as regiões do país.

Casos, hospitalizações e mortes estão aumentando agora que o clima mais frio se instaura sobre a maior parte do país. Com um incremento de 76.195 novos casos na quinta-feira, os EUA estão se aproximando de seu recorde diário de 77.299, de 16 de julho, de acordo com uma análise da Reuters.

Apenas a Índia registrou mais casos em um único dia: 97.894 em 17 de setembro.

Leia também:

Trump promete vacina ‘em semanas’ e Biden critica condução da pandemia nos EUA

EUA aprovam Remdesivir como primeiro tratamento oficial da Covid-19

As mortes em decorrência da doença também mostram tendência de alta — 916 foram relatadas na quinta-feira, um dia depois de o país registrar mais de 1.200 vítimas fatais pela primeira vez desde agosto.

Os óbitos causados pela Covid-19 aumentaram 13% em relação à semana passada, atingindo uma média diária de 785 nos últimos sete dias.

Ao mesmo tempo, o número de pacientes de Covid-19 nos hospitais dos EUA atingiu uma alta em dois meses. Hoje existem quase 41 mil pacientes de coronavírus hospitalizados no país, uma elevação de 34% na comparação com 1º de outubro, segundo uma análise da Reuters.

A Dakota do Norte, que teve 887 casos novos na quinta-feira, continua sendo o estado mais atingido com base nos casos novos per capita, seguida por Dakota do Sul, Montana e Wisconsin.

Em termos de números totais, o Texas foi quem relatou o maior número na quinta-feira, 6.820 infecções, seguido pela Califórnia com 6.365.

Oito estados estabeleceram novos recordes de aumentos diários de casos, uma tendência agourenta que está levando alguns governadores a emitir novas restrições, inclusive a bares e restaurantes de algumas partes do Illinois.

Colorado, Illinois, Indiana, Montana, Dakota do Norte, Ohio, Oklahoma e Utah relataram seus maiores números diários de casos desde o início da pandemia.

Sete estados registraram cifras recordes de pacientes de coronavírus no hospital: Iowa, Kentucky, Oklahoma, Dakota do Sul, Tennessee, Wisconsin e Wyoming. O número de pacientes de Covid-19 hospitalizados no Meio-Oeste chegou a 11.369 na quinta-feira, uma alta recorde pelo sétimo dia consecutivo.

O doutor Jeff Pothof, especialista em medicina de emergência do setor de saúde da Universidade do Wisconsin na cidade de Madison, expressou preocupação com a falta de obediência a medidas de saúde pública no estado, onde alguns grupos contestaram as restrições determinadas pelo governador democrata Tony Evers nos tribunais.

A Europa também vive uma disparada de casos, e globalmente as novas infecções atingiram o recorde diário de 423.290 na quarta-feira (22).

 

Mais Recentes da CNN