Fiocruz espera produzir 15 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 por mês

Distribuição de vacinas com produção totalmente nacional deve ocorrer a partir de outubro

Laboratório de produção de vacinas da Bio-manguinhos
Laboratório de produção de vacinas da Bio-manguinhos Foto: Peter Ilicciev/Fiocruz

Por Ana Lícia Soares, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Fundação Oswaldo Cruz espera distribuir vacina contra a Covid-19 totalmente nacional, a partir de outubro. Com isso, os insumos, atualmente importados, também serão fabricados do Brasil.

A informação foi divulgada, nesta quarta-feira (07), pelo diretor de Bio-Manguinhos, Mauricio Zuma. A unidade é responsável pela produção das vacinas Oxford/AstraZeneca

Maurício Zuma disse que as instalações da Fiocruz estão praticamente prontas e que a pré-validação dos lotes já deve começar entre maio e junho. 

“Em maio ou, no mais tardar, junho, a gente espera começar a produção dos primeiros lotes de pré-validação. Se tudo der certo, a gente espera distribuir vacina totalmente nacional a partir de outubro”. A declaração foi dada durante participação em transmissão nas redes sociais da Federação Brasileira de Bancos (Febrabran).

Ainda de acordo com Zuma, a produção nacional deve ser de cerca de 15 milhões de doses por mês, mas ainda depende do licenciamento da farmacêutica AstraZeneca.

Mais Recentes da CNN