Governo agradece que Brasil seja contemplado em doação de doses dos EUA

País será beneficiado por meio de doses recebidas pelo consórcio internacional Covax Facility

Presidente dos EUA, Joe Biden, fala sobre programa de vacinação contra Covid-19
Presidente dos EUA, Joe Biden, fala sobre programa de vacinação contra Covid-19 Foto: Alex Wong - 2.jun.2021/Getty Images

Anna Gabriela Costa, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O governo federal agradeceu, nesta quinta-feira (3), o fato de o Brasil ser contemplado no plano do governo dos Estados Unidos em compartilhar pelo menos 80 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 com demais países, até o fim de junho. 

Por meio de uma nota conjunta, emitida pelo Ministério das Relações Exteriores e o Ministério da Saúde, as pastas afirmaram que “receberam com satisfação a notícia da doação de vacinas contra a Covid-19 por parte do governo dos Estados Unidos da América”. 

“O governo federal agradece o fato de o Brasil estar contemplado entre os países da América do Sul e Central beneficiados com a distribuição de aproximadamente 6 milhões de doses de vacinas, conforme critérios demográficos, por meio do mecanismo da Covax Facility, até final de junho”, reiterou o documento.

O governo afirmou ainda que “o Brasil congratula-se com os EUA pelo compromisso em fazer do combate à pandemia de Covid-19 um esforço conjunto, com base na solidariedade internacional”. 

Doação de vacinas

O Brasil será beneficiado por meio de doses recebidas através do consórcio internacional Covax Facility, aliança internacional coordenada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para acelerar o desenvolvimento e a produção de vacinas contra o novo coronavírus e garantir o acesso igualitário aos imunizantes.

 Pelo menos 75% dessas vacinas doadas pelo governo de Joe Biden serão compartilhadas com o consórcio Covax e 25% serão compartilhadas diretamente com países necessitados, explicou a Casa Branca.

“Estamos compartilhando essas doses não para garantir favores ou extrair concessões. Estamos compartilhando essas vacinas para salvar vidas e liderar o mundo para acabar com a pandemia, com a força do nosso exemplo e com os nossos valores”, disse o governo Biden.

Mais Recentes da CNN