Governo de SP abre 163 novos leitos de UTI em parceria com a iniciativa privada

Hospital das Clínicas vai ampliar a capacidade de internação com os novos leitos voltados ao tratamento de Covid-19

Weslley Galzo, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

Com pelo menos 249 mortes registradas por falta de leitos de internação em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e taxa de ocupação em 92,2% no estado de São Paulo, o governo estadual anunciou a criação de uma parceria público-privada (PPP) que vai garantir a abertura de 163 novas vagas dedicadas ao tratamento de pacientes com Covid-19 em UTIs do Hospital das Clínicas. 

A iniciativa privada empenhou R$ 5,4 milhões na contratação dos profissionais de saúde necessários para a ampliação do complexo de internações do Hospital das Clínicas. Serão disponibilizadas 58 leitos de UTI e 75 vagas de enfermaria, com isso o hospital chega a 628 leitos exclusivos para o tratamento de casos graves da Covid-19.

Os recursos foram disponibilizados pelas empresas BTG Pactual, Eurofarma, Grupo Cosan e Instituto EDP. O diretor geral do Hospital das Clínicas, Tom Zé, informou que os pacientes em estado grave já ocupam os leitos criados com apoio da iniciativa privada.

Compra de cilindros

A iniciativa privada também colaborou com o governo estadual na realização do mapeamento – feito em parceria com as Secretarias de Saúde e Desenvolvimento Econômico – que verificou a existência de 120 municípios em situação de emergência por conta da falta de cilindros de oxigênio.

Nesta quarta-feira (31), o governo do estado anunciou a aquisição de 2 mil cilindros de oxigênio e 1 mil concentradores de oxigênio, estes obtidos em Atlanta, nos Estados Unidos. De acordo com a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, o levantamento das empresas habilitadas para o fornecimento de cilindros foi feito em parceria com o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). 

João Doria (PSDB)
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira (24)
Foto: CNN (24.mar.2021)

“Como crescemos a demanda em hospitais de pequeno porte e UPAs, aumentou a demanda por cilindros e tivemos que mudar o perfil de fornecimento”, disse a secretária. 

Mais Recentes da CNN