Grupo irá fabricar equipamentos de proteção em impressoras 3D para o SUS

Alguns hospitais públicos do RJ já relatam a falta de material

Impressoras 3D serão usadas para fabricação de viseiras que serão doadas ao SUS
Impressoras 3D serão usadas para fabricação de viseiras que serão doadas ao SUS Foto: Divulgação

Da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Um grupo de professores e pesquisadores de várias instituições irá produzir equipamentos de proteção individual para doar às equipes do SUS (Sistema Único de Saúde) mobilizadas no combate ao novo coronavírus. A produção será através da tecnologia de impressão 3D. 

Entre os equipamentos que serão doados aos profissionais do SUS estão viseiras do tipo faceshield, que substituem os óculos de proteção. O laboratório da PUC-RJ (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro) conta com 16 impressoras e tem capacidade de produzir até 150 viseiras por dia.

Alguns hospitais públicos do RJ já relatam a falta de material de proteção. O médico e professor da Unirio, Leonardo Flajhof, da Unirio, afirma que o material produzido será enviado ao Hospital Universitário Clementino Fraga.

Mais Recentes da CNN