Internações por Covid-19 em SP batem recorde e crescem 7% em quatro dias

No mesmo período, número de pacientes em leitos de UTI cresce 5,6%; boletim epidemiológico do estado indica que 16.635 pessoas estão hospitalizadas com a doença

Giovanna Bronze, Julyanne Jucá e Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O estado de São Paulo registrou pelo quarto dia consecutivo o número recorde de pessoas internadas com Covid-19.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado na terça-feira (2), ao menos 16.635 pessoas estavam hospitalizadas com a doença, das quais 9.225 em leitos de enfermaria e 7.410 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

O número representa um aumento total de 7,2% na quantidade de pacientes internados desde sábado (27), quando o estado superou o recorde de pacientes internados pela primeira vez desde julho. Ao se analisar a quantidade de pacientes em leitos de UTI, o aumento no mesmo período foi de 5,6%.

Na avaliação de avalia Thaís Guimarães, médica infectologista e presidente da Comissão de Infectologia do Hospital das Clínicas, esses números indicam que, que além de mais pessoas infectadas pela Covid-19 precisarem de internação hospitalar, uma quantidade maior também está chegando aos hospitais já em estado mais grave e necessitando de ventilação mecânica.

“Mas o aumento por si só não é o mais importante que deve ser contabilizado. O que precisa ser levado em consideração neste momento é o número de vagas que temos em UTIs porque isso significa a quantidade de respiradores que temos para atender as pessoas com insuficiência respiratória”, explicou.

Anteriormente, o pico de internações pela doença em São Paulo havia sido registrado em 14 de julho de 2020, quando 15.289 pessoas estavam internadas, 9.116 em enfermaria e 6.173 em UTI.

Ainda de acordo com os dados dos boletins epidemiológicos do estado, essa é a primeira vez que São Paulo registra mais de 16 mil pessoas hospitalizadas desde o início da pandemia. 

Enfermeira trata paciente com Covid-19 na UTI de hospital em São Paulo
Enfermeira trata paciente com Covid-19 na UTI de hospital em São Paulo
Foto: Amanda Perobelli/Reuters (3.jun.2020)

Atualmente, a taxa de ocupação de leitos de enfermaria no estado está em 56,8%, enquanto a taxa de UTI está em 75,5%.

São Paulo já registrou 2.054.867 casos confirmados da Covid-19 e 60.014 mortos em decorrência da doença. O número de recuperados é de 1.841.560, das quais 203.776 tiveram que ser internadas e receberam alta.

Mais Recentes da CNN