Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Minas Gerais apura morte suspeita de varíola dos macacos

    Óbito suspeito da doença ocorreu em Uberlândia; governo também investiga caso na cidade de Ituiutaba

    Anna Gabriela CostaAndré Cattoda CNN

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    A secretaria de Saúde de Minas Gerais informou, nesta segunda-feira (13), que está apurando dois casos suspeitos de varíola dos macacos no estado. Dentre as suspeitas, o órgão analisa uma morte na cidade de Uberlândia e um caso em Ituiutaba.

    As notificações foram enviadas ao Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS-Minas). O óbito foi comunicado pela prefeitura de Uberlândia em 11 de junho, e o caso suspeito, da cidade de Ituiutaba, foi informado no dia 12 de junho.

    “São os dois primeiros casos em investigação pela doença no estado de Minas Gerais. Os casos não têm histórico de deslocamentos ou viagens para o exterior. Dentre os contatos próximos, ainda não há nenhum caso sintomático”, informou a secretaria de Saúde do estado.

    Diagnósticos

    Para o diagnóstico laboratorial, a secretaria de Saúde do estado orientou aos municípios a coleta de amostras para análise pela Fundação Ezequiel Dias (Funed).

    “Todos os dados clínicos também estão em análise pela equipe técnica da SES-MG e do Ministério da Saúde para investigação e encerramento dos casos. A SES-MG, SRS Uberlândia, SRS de Ituiutaba e as secretarias municipais estão investigando os casos, monitorando os contatos próximos e fazendo as recomendações necessárias”, informou o governo.

    Ministério da Saúde confirmou na noite deste domingo (12) o terceiro caso de varíola dos macacos no Brasil. Trata-se de um homem de 51 anos, que está isolado em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, após viagem a Portugal.

    Os outros dois casos confirmados são do estado de São Paulo, sendo uma ocorrência na capital e outro caso na cidade de Vinhedo, no interior.

    Mais Recentes da CNN