Ministério da Saúde pode assinar aditivo para vacinação infantil ainda este ano

Contrato prevê um quantitativo máximo de doses adultas ou pediátricas de até 20 milhões de doses a serem entregues no primeiro trimestre de 2022

Kenzô Machidada CNN

Ouvir notícia

O Ministério da Saúde está finalizando o aditivo no contrato com Pfizer para a compra de vacina para crianças. A CNN apurou que desde a semana passada a Pfizer está em tratativas com o Ministério da Saúde para assinar o aditivo no contrato para a compra de vacinas para crianças de 5 a 11 anos.

As conversas entre as partes, para que o Brasil receba o quanto antes as doses pediátricas do imunizante, ficaram mais frequentes desde a última quinta-feira (23).

O contrato com a farmacêutica prevê até 20 milhões de doses adultas e pediátricas a serem entregues no primeiro semestre de 2022.

Fontes ouvidas pela CNN disseram que o Ministério da Saúde finaliza questões burocráticas de conferência de informações para o fechamento do aditivo. Ainda segundo as fontes, somente após a assinatura desse aditivo a farmacêutica deve repassar um cronograma mais específico para a entrega dos imunizantes para crianças.

Mais Recentes da CNN