Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ministra da Saúde diz que Covid-19 não acabou e vacinação ainda é essencial

    OMS declarou na última sexta-feira (5) que doença não configura mais emergência em saúde pública de importância internacional

    Nísia Trindade, ministra da Saúde
    Nísia Trindade, ministra da Saúde Julia Prado/MS

    Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil

    A ministra da Saúde, Nísia Trindade, fará um pronunciamento, em cadeia nacional de rádio e televisão, na noite deste domingo (7).

    A mensagem, que deve ir ao ar por volta das 20h, vai destacar a declaração da Organização Mundial de Saúde (OMS), que decretou o fim da Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional em relação à Covid-19.

    Segundo a assessoria da ministra, a ideia é que ela ressalte que a Covid-19 ainda não acabou e que a vacinação continua fundamental.

    Após mais de três anos, a OMS declarou na última sexta-feira (5) que a Covid-19 não configura mais emergência em saúde pública de importância internacional.

    De acordo com a entidade, o vírus se classifica agora como um “problema de saúde estabelecido e contínuo”.

    “É uma grande vitória para a sociedade, possível graças à ciência e à vacinação, orientadas para o acesso à saúde. Ao mesmo tempo, o anúncio não significa o fim da circulação do vírus, mas uma mudança de abordagem. Ainda temos que ter cuidados, inclusive nos vacinando contra a Covid-19, o que em muitos países passou a compor o calendário anual, a exemplo da vacinação contra a influenza”, escreveu a ministra, nas redes sociais.

    Em todo o mundo, a pandemia levou à morte mais de 7 milhões de pessoas, número que pode estar subestimado. Somente no Brasil, o número de vidas perdidas ultrapassou as 700 mil pessoas.