Mulher de 97 anos se torna sobrevivente mais velha da COVID-19 no Brasil

Gina dal Coletto teve alta neste domingo, após passar 11 dias hospitalizada

Gina dal Coletto e a equipe do hospital Vila Nova Star, em São Paulo (12.abr.2020)
Gina dal Coletto e a equipe do hospital Vila Nova Star, em São Paulo (12.abr.2020) Foto: Divulgação/Rede D'Or São Luiz

Anna Satie,

da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Gina Dal Colleto, de 97 anos, teve alta do hospital neste domingo (12), após passar 11 dias internada por conta do novo coronavírus em um hospital de São Paulo. Até o momento, ela é a paciente mais velha a vencer a doença no Brasil.

Dal Coletto, que mora sozinha em Santos, no litoral paulista, deu entrada no hospital Vila Nova Star com sintomas respiratórios. Foi diagnosticada com influenza, o vírus comum da gripe, e COVID-19.

Após ser ser submetida à ventilação mecânica na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), ela foi liberada para voltar para casa sob aplausos dos médicos e enfermeiras. De acordo com nota do hospital Vila Nova Star, a paciente tem uma rotina bastante ativa e gosta de passear, fazer compras e cozinhar.

Com 8.419 casos confirmados e 860 mortes, São Paulo é o estado mais atingido pelo novo coronavírus. Em todo o país, há 20.727 pacientes e 1.124 vítimas. 

Mais Recentes da CNN