Não está em pauta 4ª dose para população geral, diz vice-presidente da SBI

Alexandre Naime Barbosa, da Sociedade Brasileira de Infectologia, afirma que a quarta dose para pessoas que não são imunossuprimidas ainda é uma grande indagação em termos de resultados científicos

Ingrid OliveiraProduzido por Duda Cambraiada CNN

Ouvir notícia

O médico Alexandre Naime Barbosa, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) e professor da Unesp, afirmou em entrevista à CNN neste sábado (5) que não há evidências sobre os resultados da quarta dose da vacina contra a Covid-19 para a população geral e que o assunto não está sendo discutido na comunidade científica.

“O que está sendo discutida é a quarta dose para a população mais vulnerável. Não está em pauta a quarta dose para população geral que não tenha fatores evidentes de imunossuperssão”, aponta.

O vice-presidente da SBI disse que a aplicação da quarta dose para pessoas que não são imunossuprimidas ainda é uma grande indagação em termos de resultados científicos.

Ele explica que os estudos ainda estão em andamento e direcionados para pessoas imunossuprimidas, mas alguns países como Israel e Chile já colocaram isso em prática. O mesmo acontece na cidade cidade de Botucatu (SP), que vacinará idosos acima de 70 anos que tenham recebido a última dose de reforço há quatro meses.

“Obviamente precisa de mais estudos para mostrar a necessidade da quarta dose da vacina”, avalia Barbosa.

O Ministério da Saúde confirmou em dezembro que pessoas imunossuprimidas vão receber a quarta dose da vacina contra a Covid-19 no Brasil. E o estado de São Paulo avalia a possibilidade para aplicação da quarta dose em toda a população.

Assista à entrevista completa no vídeo acima.

Cuidados básicos ajudam a prevenir a Covid-19 e a gripe:

Mais Recentes da CNN