Não podemos levar o ano inteiro para vacinar 70% da população, diz pesquisadora

A pesquisadora da Fiocruz Margareth Dalcolmo comentou sobre como o calendário de vacinação contra a Covid-19 no Brasil precisa ser realista

Produção de Jorge Fernando Rodrigues e Layane Serrano, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

 

Em entrevista à CNN, a pesquisadora da Fiocruz Margareth Dalcolmo realçou a urgência da vacinação contra a Covid-19 no Brasil e como o calendário de imunização precisa ser realista de acordo com as doses e insumos disponíveis no país.

“O cronograma tem que ser baseado no que temos. Nós precisamos vacinar muita gente, no mínimo 70% da população, e não podemos levar o ano inteiro pra fazer isso, sob pena de não conseguirmos controlar a transmissão do vírus”, disse Dalcolmo. 

“Não há cronograma que resista quando as vacinas têm que ser produzidas aqui e há atraso na matéria-prima. Isso não poderia ter acontecido.” 

Profissional de saúde aplica vacina em idoso no Rio de Janeiro
Profissional de saúde aplica vacina em idoso no Rio de Janeiro
Foto: Daniel Resende/Enquadrar/Estadão Conteúdo

Mais Recentes da CNN