Novo lote de insumos para fabricação de vacina contra Covid chega ao Brasil

Material é suficiente para 8,9 milhões de doses e garante imunização até 2 de junho, de acordo com Fiocruz

Profissional da Saúde prepara dose de vacina da AstraZeneca contra Covid-19
Profissional da Saúde prepara dose de vacina da AstraZeneca contra Covid-19 Foto: Yves Herman - 15.mar.2021/Reuters

Da CNN, em São Paulo*

Ouvir notícia

Um novo lote de ingrediente farmacêutico ativo (IFA) desembarcou na noite deste sábado (24) no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. O ingrediente, usado na fabricação das vacinas contra o coronavírus, foi transportado da China para o Brasil e será entregue à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Esta é a oitava remessa das 14 previstas. 

O lote é destinado à produção da vacina Oxford/AstraZeneca e tem aproximadamente 364 litros, o que permite a fabricação de 8,9 milhões de novas doses. A quantidade, de acordo com a Fiocruz, é suficiente para garantir a entrega de imunizantes até 2 de junho. 

Ainda de acordo com a Fiocruz, a instituição entregou, até agora, ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, 20 milhões de doses do imunizante contra a doença. Desse total, 4 milhões eram de doses importadas da Índia e 16 milhões produzidas nas suas instalações no Rio de Janeiro. 

Na sexta-feira (23), a pasta recebeu cerca de 5,2 milhões de vacinas, 500 mil doses a mais do que as 4,7 milhões previstas inicialmente para esta semana. De acordo com a Fiocruz, na quinta-feira passada (22), pela primeira vez, a fundação atingiu a marca de 1 milhão de doses produzidas em um único dia.

*Com Agência Brasil

Mais Recentes da CNN