Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Nove estados já estão na espera por doses da Coronavac

    Além dos estados, há prefeituras de capitais e federações de municípios que têm interesse em obter doses da Coronavac para seus profissionais de saúde

    Iuri Pitta e Pedro Duran

    Da CNN, em São Paulo



     

    Até agora nove estados e pelo menos quatro capitais já manifestaram interesse em aplicar a Coronavac, vacina que está sendo desenvolvida em parceria entre o Instituto Butantan, ligado ao governo de São Paulo, e a farmacêutica chinesa Sinovac.

    O objetivo é que nestes lugares as doses cheguem primeiro para profissionais de saúde, como deverá acontecer em São Paulo.

    Assista e leia também:
    Vacinação começa a partir de 25 de janeiro em SP, diz governo
    Todo brasileiro poderá se vacinar em São Paulo, diz Doria

    A data definida para o início da vacinação em São Paulo é 25 de janeiro de 2021. Indígenas e quilombolas dividem o início da fila com profissionais da saúde. Na sequência os mais velhos serão vacinados.

    A intenção é que todos os maiores de 60 anos no estado de São Paulo tenham recebido as duas doses até 22 de março de 2021.

    Nesta manhã, João Doria recebeu uma ligação de Eduardo Paes, prefeito eleito do Rio, demonstrando interesse na vacina. O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, fez o mesmo. “Se a Anvisa permitir renovo o meu interesse em adquirir esta e qualquer outra vacina que for disponibilizada. Curitiba compactua ao esforço para que o Brasil tenha um amplo pano nacional de imunização da população para libertar o país o mais rápido possível desta provação”, disse ele. As cidades de Porto Alegre e Salvador, também demonstraram interesse.

    Já entre os estados que procuraram Doria pra acertar a compra e aplicação da Coronavac, estão a Bahia e o Ceará, governados respectivamente por Rui Costa e Camilo Santana, ambos do PT, rival político de Doria. Paraíba e Rio Grande do Sul também estão na lista de interessados pela Coronavac.

    Segundo o analista da CNN Igor Gadelha, a lista de estados que negociam com o governo paulista a aquisição da Coronavac já chega a nove. Além de Bahia, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Sul, a lista tem ainda Acre, Maranhão, Pernambuco, Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul.