Para prevenir a Ômicron, temos que fazer o que já sabemos: vacinar, diz médico

De acordo com André Kalil, médico infectologista, vacinas e medidas de distanciamento social são melhor prevenção contra a variante Ômicron

Raphael Buenoda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Vacinas e medidas restritivas são a melhor forma de prevenção contra a variante Ômicron do coronavírus, disse André Kalil, médico infectologista e pesquisador da Universidade de Nebraska, em entrevista à CNN neste domingo (5).

“Para a gente prevenir a Ômicron, temos que fazer o que já sabemos nesses dois anos: nós vamos ter que vacinar”, disse.

De acordo com Kalil, o momento não é de pânico, mas sim de foco e reforço das medidas já adotadas até o momento.

Entrar em pânico nesse momento não vai nos ajudar. Entrar em pânico vai causar falta de coordenação, falta de organização

André Kalil, médico infectologista e pesquisador da Universidade de Nebraska

Kalil disse também que não podemos acreditar em imunidade de rebanho causada por infecção natural da Covid-19.

“Nós aprendemos que a imunidade de rebanho, ou coletiva, por infecção natural, não aconteceu e nem vai acontecer”, concluiu.

Mais Recentes da CNN