Pernambuco prorroga medidas restritivas e praias seguem fechadas até dia 31

Auxílio AME Recife e doações nos locais de vacinação por drive-thru são medidas sociais implementadas pela capital

Produzido por Layane Serrano

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Pernambuco prorrogou as medidas restritivas contra o avanço da Covid-19 até o dia 31 de março. O estado enfrenta a pior situação da região Nordeste em termos de internações e colapso em hospitais.

De acordo com o prefeito da capital, João Campos (PSB), cinco leitos estão sendo abertos diariamente e campanhas como a AME Recife e doações na vacinação por drive-thru são aliadas para ajudar os mais atingidos pela crise.

“Nós lançamos um auxílio municipal emergencial, o AME Recife, para 30 mil famílias. O primeiro grupo são mais de 17 mil famílias que estão na fila do Bolsa Família, elas têm todos os pré-requisitos para acessar o programa, mas o governo federal ainda não as incluiu. Então a gente paga R$150 durante dois meses. O segundo grupo são de pessoas que já acessam o Bolsa Família e têm crianças de 0 a 3 anos. São 13 mil famílias aproximadamente e a gente dá um complemento de renda de R$50 entendendo que temos que priorizar a primeira e primeiríssima infância”, explica o prefeito.

Outras ações reforçam as medidas assistencialistas, como a doação de alimentos no aniversário da cidade que, em 15 dias, segundo João Campos, conseguiu arrecadar 28 mil quilos de alimento. 

“A partir deste sábado (27), a gente pede para que toda pessoa que for vacinar nos 11 pontos de drive-thru de nossa cidade possa levar pelo menos 1 quilo de alimento não perecível. Temos um centro de coleta junto à vacinação. Então, quem receber uma dose de esperança da vacina, que leve também uma dose de solidariedade para a gente doar às famílias que mais precisam neste momento”.

O prefeito do Recife, João Campos (PSB)
O prefeito do Recife, João Campos (PSB)
Foto: Reprodução / CNN

Segundo o prefeito, Recife tem aberto uma média de cinco leitos de UTI diariamente. “Nós temos uma curva muito acelerada de abertura de novos leitos de UTI. Pernambuco deve chegar ao final deste mês com 1.600 leitos de UTI dedicados exclusivamente à Covid-19”. 

Ele afirma que o isolamento social, a velocidade da vacinação e a abertura de novos leitos são o único caminho para o enfretamento neste momento.

“Esse debate entre defender a vida ou a economia não existe. Todo mundo quer defender a vida e todo mundo quer também que as atividades econômicas existam”, diz.

“Nenhum líder de um estado ou cidade quer ver as atividades econômicas ruirem, as receitas diminuírem e o desemprego aumentar. Ninguém quer ver isso. A gente precisa ter uma solução de equilíbrio e é este equilíbrio que, muitas vezes, falta no governo federal”.

Mais Recentes da CNN