Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Pesquisa financiada por MCTIC aposta em 2 fármacos contra COVID-19

    Dois fármacos irão para testes in vitro e posteriormente testes clínicos

    Ministro Marcos Pontes da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e pesquisadores do CNPEM
    Ministro Marcos Pontes da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e pesquisadores do CNPEM Foto: Carolina Abelin/CNN

    Carolina Abelin

    Da CNN, em São Paulo

    Ouvir notícia

    O ministro Marcos Pontes, do MCTIC, esteve nesta segunda-feira (6) na sede do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais, em Campinas (SP), para conversar com pesquisadores sobre um estudo promissor em termos de tratamento para o novo coronavirus.

    Marcos Pontes participou de uma reunião fechada com a diretoria do CNPEM, depois fez um tour pelos laboratórios do centro. Durante a coletiva de imprensa, ministro e pesquisadores divulgaram o status da pesquisa. Depois de uma triagem de 2mil substâncias já aprovadas pela ANVISA, que estão no mercado no combate de outras doenças, se chegou a dois medicamentos. Estes dois fármacos, cujos nomes não foram divulgados, irão avançar para uma nova etapa, de testes in vitro e posteriormente testes clínicos em pacientes. 

    O virologista Rafael Marques diz que é impossível colocar um prazo. “Não dá pra dizer como os testes irão evoluir, mas estamos muito confiantes na boa resposta destas substâncias.”

    O CNPEM é uma organização social vinculada ao MCTIC e, conforme a reportagem apurou, o centro vai receber verba extra para financiamento da pesquisa: cinco milhões de reais.

    Essa verba faz parte dos 50 milhões de reais anunciados pelo ministério para investimento em pesquisas científicas de combate ao coronavirus. 

    Sobre a verba Marcos Pontes, falou durante a coletiva: “Pra você ver como investimento em ciência e tecnologia, salva um país.”

    Mais Recentes da CNN