Preço da vacina da Moderna pode travar acordo com o Brasil, diz ala do governo

Preço por dose, segundo a farmacêutica, pode variar entre US$ 25 (R$ 134) e US$ 37 (R$ 199), muito acima, por exemplo, do da Coronavac

Thais Arbexda CNN

Ouvir notícia

O preço da vacina da Moderna tem potencial para travar o acordo do Brasil com a farmacêutica norte-americana para a aquisição de 13 milhões de doses do imunizante contra a Covid-19, anunciado nesta sexta-feira (5).

Integrantes do governo disseram à CNN que, embora o Ministério da Saúde tenha avançado nas tratativas com a empresa, o valor alto da vacina é visto como um possível impeditivo para o fechamento do contrato. O preço por dose, segundo a Moderna, pode variar entre US$ 25 (R$ 134) e US$ 37 (R$ 199) – quanto maior o pedido que o governo fizer, menor será o valor.

Funcionário de hospital nos EUA exibe dose de vacina da Moderna contra Covid-19
Funcionário de hospital nos EUA exibe dose de vacina da Moderna contra Covid-19
Foto: Eduardo Munoz – 21.dez.2020/Reuters

Como a vacina da Moderna contra a Covid-19 precisa de duas aplicações para garantir um alto índice de eficácia, o custo para imunizar cada pessoa pode ser entre US$ 50 (R$ 270) e US$ 74 (R$ 400).

As vacinas que já estão sendo aplicadas no Brasil têm valores bem mais baixos. A Coronavac, por exemplo, foi vendida ao governo federal por R$ 58,20 cada dose. Já cada dose pronta da vacina produzida pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford custa cerca de R$ 30.

A avaliação desses integrantes do governo é a de que o alto investimento na Moderna não compensa, uma vez que o cronograma apresentado pela empresa prevê a primeira entrega apenas em julho, e num montante considerado baixo: 1 milhão de doses.

Segundo o plano divulgado pelo ministério, a Moderna entregaria mais 1 milhão de doses até 31 de agosto e 1 milhão até 31 de setembro. Já entre outubro e dezembro, estariam previstas 10 milhões de doses, o que ocorreria em diferentes lotes, de acordo com a pasta.

A possibilidade de aquisição das doses foi discutida em reunião nesta sexta-feira (5) entre integrantes da Saúde e a Moderna. Em nota, o ministério comunicou o avanço das negociações com a empresa.

“A confirmação dessas informações nos ajuda a ter segurança para acelerarmos a assinatura do contrato”, disse em nota o secretário-executivo da pasta, Elcio Franco.

Segundo ele, o governo está “praticamente em fase final de negociações” com a Moderna.

Mais Recentes da CNN