Reino Unido aprova uso da vacina da Pfizer contra Covid-19 em adolescentes

Agência de medicamentos do país afirmou que benefícios da vacina superam qualquer risco para faixa etária dos 12 aos 15 anos

Carolina Figueiredo, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A agência de medicamentos do Reino Unido aprovou, nesta sexta-feira (4), uma extensão de uso da vacina contra a Covid-19 da Pfizer em parceria com a BioNTech para uso em crianças a partir dos 12 anos, uma semana após uma autorização semelhante ter sido dada pelas autoridades europeias.

“Revisamos cuidadosamente os dados de ensaios clínicos em crianças de 12 a 15 anos e concluímos que a vacina Pfizer/BioNTech é segura e eficaz nesta faixa etária e que os benefícios desta vacina superam qualquer risco”, afirmou a CEO da agência reguladora, a médica June Raine.

“Implementamos uma estratégia de vigilância de segurança abrangente para monitorar a segurança de todas as vacinas contra Covid-19 aprovadas no Reino Unido e essa vigilância incluirá a faixa etária de 12 a 15 anos”, adicionou.

Segundo Raine, cabe agora ao Comitê Conjunto de Vacinação e Imunização (JCVI) decidir quando essa faixa etária será vacinada como parte do programa de vacinação em andamento no país.

“Mais de 2.000 crianças com idades entre 12 e 15 anos fizeram parte dos ensaios clínicos randomizados e controlados por placebo. Não houve casos de Covid-19 7 dias após a segunda dose no grupo vacinado, em comparação com 16 casos no grupo placebo”, afirmou o professor Sir Munir Pirmohamed, presidente da Comissão de Medicamentos para Humanos do Reino Unido.

“Além disso, os dados sobre os anticorpos neutralizantes mostraram que a vacina funciona ao mesmo nível que os observados em pessoas com idades entre os 16 e 25 anos. São resultados extremamente positivos”, completou Pirmohamed.

Crianças de 12 a 15 anos já estão recebendo a vacina da Pfizer/BioNtech nos Estados Unidos. França e a Alemanha planejam começar a oferecer o imunizante para essa faixa etária este mês.

Brasil recebe mais vacinas da Pfizer contra a Covid-19
Depois de EUA e Europa autorizarem, Reino Unido também aprovou vacina da Pfizer para adolescentes
Foto: Myke Sena/Ministério da Saúde

Mais Recentes da CNN