RJ volta a aplicar vacina da Pfizer contra Covid-19 a partir desta quarta (12)

Nova remessa à cidade tem 100.446 doses e já começou a ser distribuída aos 250 postos de vacinação da capital fluminense

Lucas Janone, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

 

A cidade do Rio de Janeiro começa, nesta quarta-feira (12), aplicar as doses da vacina contra a Covid-19 da fabricante norte-americana Pfizer. A remessa com cerca de cem mil doses do imunizante começou a ser distribuída nesta terça-feira (11) para os 250 postos de vacinação da capital fluminense. A vacina faz parte do Plano Nacional de Imunização (PNI), regulado pelo Ministério da Saúde.

À pedido da própria prefeitura do Rio, o governo estadual, entretanto, só irá repassar 50.310 doses do imunizante neste primeiro momento. A distribuição fracionada acontece por conta da  difícil logística para estocagem da vacina, já que o imunizante da Pfizer precisa ser armazenado entre -25ºC e -15ºC, podendo ficar até cinco dias sob uma temperatura entre 2ºC e 8ºC.

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio (SMS) confirmou, em nota, que a vacina  norte-americano será distribuida para os cerca de 250 pontos de vacinação da capital fluminense. De acordo com a prefeitura, o estoque deve durar, no máximo, até quinta-feira (13).  

As imagens feitas pela CNN mostram o exato momento que a vacina da Pfizer desembarcou no Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, na noite desta segunda-feira (10). Os imunizantes fazem parte do segundo lote de vacinas que chega no Rio de Janeiro. A primeira remessa disponibilizou 46,8 mil doses.  

De acordo com o PNI, a vacina contra a Covid-19 será aplicada em pessoas com comorbidades e pessoas com deficiência permanente. Neste primeiro momento, as vacinas da Pfizer são distribuidas somente às capitais e Distrito Federal. 

Frascos com vacina da Pfizer em laboratório em Pearl River, Nova York
Frascos com vacina da Pfizer em laboratório em Pearl River, Nova York
Foto: Pfizer

Mais Recentes da CNN