Saiba dos cuidados ao socorrer uma pessoa atingida por um raio

Brasil tem média de 110 mortes causadas por acidentes com raios a cada ano

Gabriel Fernedada CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O Brasil lidera o ranking de países com incidências de raios, com uma média de 77,8 milhões de registros por ano.

Na edição desta terça-feira (25) do quadro Correspondente Médico, do Novo Dia, o neurocirurgião Fernando Gomes explicou os cuidados que devem ser seguidos no socorro a alguém atingido por um raio.

Fernando Gomes explica que a primeira coisa que deve ser feita é evitar situações que possam colocar o indivíduo em contato com um raio.

Não ficar em contato com nenhum aparelho elétrico ou eletrônico. Banho de mar, começou a fechar o tempo, sair da água do mar ou lugares abertos. Não procurar abrigo embaixo de árvores. Ir para um lugar coberto e se proteger.”

O neurocirurgião deu dicas de quais atitudes tomar em caso de um acidente deste tipo.

“Deve-se observar os ferimentos, ver se há necessidade de reanimação cardiopulmonar e ligar para bombeiros ou SAMU. As lesões podem ser leves, moderadas ou graves. Pode levar a alteração do ritmo elétrico do coração, e causar arritmia ou lesões mais graves“.

Por fim, o médico ressaltou que, apesar dos cuidados que podem ser feitos após um acidente elétrico, o ideal é a prevenção e a proteção para evitar esses acidentes.

Mais Recentes da CNN