Saiba quais unidades de saúde de Manaus estão em estado ‘extremamente crítico’

Documento obtido pela CNN mostra que ao menos 2 unidades de saúde de Manaus são definidos pelas autoridades oficiais como em estado "extremamente crítico"

Chegada de cilindros de oxigênio no SPA Joventina Dias, no bairro Compensa, em Manaus (AM), na manhã deste sábado (16)
Chegada de cilindros de oxigênio no SPA Joventina Dias, no bairro Compensa, em Manaus (AM), na manhã deste sábado (16) Foto: Sandro Pereira/Fotoarena/Estadão Conteúdo (16/01/2021)

José Brito e Karla Chaves

Da CNN, em Manaus

Ouvir notícia

Documento obtido pela CNN mostra que ao menos 2 unidades de saúde de Manaus são definidos pelas autoridades oficiais como em estado “extremamente crítico”.

São eles o SPA (Serviço de Pronto Atendimento) Chapot Prevot e o Hospital Platão Araújo.

O documento mostra ainda que a prioridade de entrega de cilindros é para as maternidades locais, incluindo a maternidade Balbina Mestrinho e a Ana Braga.

Nesta sexta-feira, a CNN mostrou que 60 bebês prematuros da cidade corriam risco de ser transferidos para outros locais devido à falta de oxigênio.

 

Manaus vive um colapso do sistema de saúde pública devido ao aumento dos casos de Covid-19 e a falta de oxigênio para atender os pacientes em estado grave.

Um hospital de apoio está sendo construído no estacionamento do Delphina Aziz e deve ficar pronto na terça-feira. A unidade provisória deve ter de 60 leitos.

Mais Recentes da CNN