São Paulo abre hospital na zona sul para pacientes com coronavírus

Hospital Municipal do Guarapiranga inicia atendimento com 30 leitos de UTI; prefeitura promete 140 leitos até a primeira quinzena de julho

Prefeito de São Pulo, Bruno Covas, participa de entrega de leitos de UTI no Hospital Municipal Guarapiranga
Prefeito de São Pulo, Bruno Covas, participa de entrega de leitos de UTI no Hospital Municipal Guarapiranga Foto: Divulgação/Prefeitura de São Paulo

Agência Brasil

Ouvir notícia

A prefeitura de São Paulo entregou neste sábado (6) o Hospital Municipal Guarapiranga, que funcionará como um equipamento de retaguarda para a região sul da capital, com atendimento exclusivo de pacientes com síndrome respiratória confirmados com a Covid-19.

“Este é o oitavo hospital que a prefeitura inaugura. Um equipamento que estava fechado desde 2017. Com a epidemia, ele está exclusivo para o atendimento dos pacientes confirmados, mas passando esse período, a expectativa é que ele volte à sua ideia original para funcionar como um hospital de retaguarda”, disse o prefeito Bruno Covas.

Nessa fase inicial, serão 30 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e dez de internação. Nos próximos dias, outros 40 leitos serão equipados para entrarem em operação, e até a primeira quinzena de julho serão 140 leitos de UTI.  Passada a pandemia de coronavírus, o Hospital Municipal Guarapiranga será o primeiro da rede especializado no atendimento a pacientes que necessitam de cuidados prolongados.

Leia também:

Governo não quer maquiar dados, mas fazer plástica completa, diz Mandetta

Governo substitui portal sobre Covid-19 por site com informações básicas

São Paulo tem mais de 140 mil casos confirmados de Covid-19

“A nossa expectativa é que ele funcionasse como um hospital de retaguarda para poder cuidar de pacientes crônicos, que utilizam durante muito tempo leitos de UTI, e que às vezes impedem a prefeitura de fazer novas cirurgias por falta de leitos. Assim esses pacientes poderão vir para cá, ficam aqui até a estabilização total, liberando os leitos dos hospitais para continuarmos com as agendas de cirurgias”, disse o prefeito.

Nos dois primeiros andares estão localizados os leitos, farmácia e toda a estrutura pronta para receber os pacientes.  A unidade contará com 1.001 profissionais, entre equipe administrativa, gerencial e multiprofissional, além dos médicos plantonistas.

O Hospital Guarapiranga está localizado na Estrada do Riviera, 4.742. Para atender a população, a SPTrans prolongou itinerário da linha 6028/10, que permitirá maior proximidade ao hospital.

Para enfrentar a covid-19, a prefeitura de São Paulo já entregou 1.178 leitos de UTI exclusivos para o tratamento da doença, além dos dois hospitais de campanha, que atendem casos de baixa e média complexidade, podendo chegar a 2.000 leitos operacionais.

Mais Recentes da CNN