São Paulo reduz para 8 semanas o intervalo entre doses da AstraZeneca

Segunda dose poderá ser antecipada para cerca de 400 mil pessoas

Anna Gabriela Costada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O governo de São Paulo anunciou, nesta terça-feira (26), que o intervalo entre as doses contra Covid-19 da AstraZeneca será reduzido de 12 para 8 semanas. Com a medida, cerca de 400 mil pessoas ficam aptas em todo o estado para tomar a vacina e completar o ciclo vacinal a partir desta quarta-feira (27).

“Entre os elegíveis para tomar a segunda dose da vacina, estão essencialmente adultos entre 18 e 24 anos de idade. Além deles, cerca de 1 milhão de pessoas não compareceram nos postos para tomar a segunda dose da vacina da AstraZeneca e estão entre os 4 milhões de atrasados que não completaram o ciclo vacinal”, informou o governo.

A Secretaria de Estado da Saúde distribuiu, entre segunda e terça-feira, a última remessa de doses, permitindo a antecipação que já havia sido definida pelo Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde.

“Esta é mais uma medida para que a população complete o seu ciclo vacinal e esteja completamente imunizada. Distribuímos os imunizantes e é fundamental que todos que estiverem com a segunda dose pendente compareçam aos postos para se vacinar”, disse a coordenadora do Plano Estadual de Imunização, Regiane de Paula.

Mais Recentes da CNN