SP: Capital pode antecipar vacinação se receber mais doses de ministério

Secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido falou à CNN sobre o primeiro dia vacinação dos idosos acima de 90 anos contra Covid-19 na capital

Produzido por Layane Serrano, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, falou à CNN sobre o primeiro dia vacinação dos idosos acima de 90 anos contra Covid-19 na capital paulista. A data original era para a próxima segunda-feira (8), mas foi antecipada para sexta (5) por determinação do prefeito Bruno Covas (PSDB).

Segundo o secretário, a antecipação do calendário de imunização pode impactar nas demais datas previstas. “Como conseguimos antecipar esse processo dos idosos com mais de 90 anos, estamos nos programando para também antecipar a vacinação dos idosos mais de 84 [prevista para começar a partir de 15 de fevereiro]”, disse o secretário. “A ideia é que possamos encurtar esses prazos, [conforme formos] recebendo os lotes das vacinas do governo do estado e do Ministério da Saúde”, completou.

O secretário ainda celebrou a adesão dos idosos na capital paulista. “Só na UBS Santo Amaro, foram mais de 150 idosos [vacinados]. Foi realmente acima de todas as nossas expectativas.” Ele orientou que o agendamento da imunização à domicílio de idosos com dificuldades motoras seja feito pelo site buscasaude.prefeitura.sp.gov.br.

“É só colocar o endereço e vai parecer o telefone da Unidade Básica de Saúde mais próxima da casa [do idoso]. É só fazer o contato com a UBS que a nossa equipe se desloca para as residências daqueles idosos que não podem se locomover”, detalhou.

Idosos com mais de 90 anos são vacinados contra a Covid-19 em São Paulo

Idosos com mais de 90 anos são vacinados contra a Covid-19 em São Paulo
Foto: Reprodução/CNN

Mais Recentes da CNN