Terceira dose ou dose de reforço: teste seus conhecimentos sobre a vacinação

A partir da segunda quinzena deste mês, o Brasil inicia uma nova etapa da vacinação contra a Covid-19 com a administração de uma dose adicional dos imunizantes

Profissional da saúde prepara vacina da Pfizer contra a Covid-19 para aplicação
Profissional da saúde prepara vacina da Pfizer contra a Covid-19 para aplicação Myke Sena/MS

Lucas Rochada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

A partir da segunda quinzena deste mês, o Brasil inicia uma nova etapa da vacinação contra a Covid-19 com a administração de uma dose adicional dos imunizantes.

A campanha do Ministério da Saúde contempla inicialmente as pessoas acima de 70 anos que receberam a segunda dose há pelo menos seis meses e indivíduos imunossuprimidos, como transplantados, pacientes com câncer ou condições que comprometem o sistema imunológico, que foram vacinados há 28 dias.

Segundo o ministério, a decisão é fruto de reuniões com a participação de especialistas do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e da Câmara Técnica Assessora de Imunização Covid-19 (CETAI).

O início da aplicação de uma dose adicional das vacinas contra a Covid-19 no país levantou questões sobre as semelhanças e diferenças entre terceira dose e dose de reforço. Teste seus conhecimentos e descubra um pouco mais sobre o assunto.

Mais Recentes da CNN