Total de enterros sobe 52% na cidade de São Paulo em junho

Foram 8.925 sepultamentos no mês; número de mortes naturais saltou 40% em maio e junho em relação às médias para o período

Vítimas da Covid-19 são enterradas em cemitério na Vila Formosa, em São Paulo
Vítimas da Covid-19 são enterradas em cemitério na Vila Formosa, em São Paulo Foto: Amanda Perobelli - 13.mai.2020 / Reuters

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A cidade de São Paulo registrou 8.925 enterros em junho, um aumento de 52% em relação a junho do ano passado, segundo dados do Serviço Funerário Municipal da prefeitura. 

Os números levam em consideração os sepultamentos feitos nos cemitérios municipais, particulares e nos crematórios da capital.

Leia também:

Brasil ultrapassa 1 milhão de recuperados da Covid-19

Novo coronavírus já estava em esgoto de Florianópolis em novembro de 2019

Em maio, haviam sido 9.796 enterros, 69% mais que no mesmo mês em 2019. 

O número de mortes naturais também cresce neste ano: em maio e junho, 20.852 pessoas faleceram na cidade por causas naturais, ou 40% mais que a média para os mesmos meses em 2018 e 2019. 

 Os dados foram apresentados na quinta-feira (2) pelo médico  Paulo Lotufo, professor da Universidade de São Paulo, em coletiva do governo estadual. 

De acordo com Lotufo,  entre março e junho, São Paulo teve 5.938 óbitos por causas naturais a mais do que a média para o período dos dois anos anteriores. 

Mais Recentes da CNN