Uerj produz álcool 70% para auxiliar na desinfecção das unidades de saúde

Produto é destinado para o hospital universitário

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Diante da falta de álcool 70% no mercado, uma equipe coordenada pelo Instituto de Química da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) decidiu preparar o produto, utilizando insumos que já estavam disponíveis nos laboratórios da unidade. O álcool glicerinado 80%, para desinfecção de mãos, também está sendo produzido.

Cerca de 15 pessoas, entre professores, técnicos e alunos, se revezam na fabricação, que deverá atender à demanda das unidades de saúde da Universidade, como o Hospital Universitário Pedro Ernesto e a Clínica Piquet Carneiro. 

A população pode contribuir com a doação de galões de água mineral, a partir de cinco litros, limpos, vazios e com tampa. Os galões são usados para o armazenamento da água destilada, que é utilizada no processo de produção. “A necessidade de insumos para se fazer essa produção ela é grande. Então, empresas que possam doar insumos para que continuemos essa produção, para atender não somente as unidades de saúde da UERJ mas para que no futuro possamos atender outras unidades do estado, serão bem vindas”, reiterou o diretor do Instituto, Alexandro Araújo em entrevista à CNN.

Mais Recentes da CNN