Últimas da Covid-19: Brasil tem 550 mil mortes; Saúde avalia intervalo da Pfizer

As notícias mais importantes sobre a pandemia desta segunda-feira (26)

Vacina contra Covid-19 da Pfizer no Rio de Janeiro
Vacina contra Covid-19 da Pfizer no Rio de Janeiro Foto: Ricardo Moraes/Reuters (4.mai.2021)

Lucas Rocha, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O Brasil registrou nesta segunda-feira (26) a marca de 550 mil mortes causadas pela Covid-19. Nas últimas 24 horas, foram 578 mortes e 18.999 novos casos da doença, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Com a atualização, o país passa a ter 550.502 óbitos e 19.707.662 infectados pelo novo coronavírus. O Ministério da Saúde avalia reduzir o intervalo entre as doses da vacina da Pfizer, de 3 meses para 21 dias, conforme a bula do imunizante. Saiba mais.

Ministério da Saúde diz que intervalo entre doses da Pfizer vai ser de 21 dias

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, disse que o intervalo entre as doses da vacina da Pfizer vai diminuir de 3 meses para 21 dias como estabelece a própria bula. No Brasil, a pasta sempre estendeu o tempo com a justificativa de que ajudaria a vacinar mais pessoas com a primeira dose em um intervalo de tempo menor contrariando, assim, a bula do imunizante. Leia mais.

Quase 30 mil brasileiros receberam três doses de vacina contra a Covid-19

De acordo com um levantamento feito pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), quase 30 mil pessoas em todo o Brasil receberam pelo menos três doses de vacina contra a Covid-19. A pesquisa, feita inicialmente para analisar a dinâmica da vacinação no país, foi realizada com base em dados do próprio Ministério da Saúde. Leia mais.

Anvisa recebe pedido de uso emergencial de vacina da Sinopharm

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu nesta segunda-feira o pedido de uso emergencial da vacina da farmacêutica chinesa Sinopharm. O pedido foi recebido por solicitação da Blau Farmacêutica, laboratório responsável pela vacina no Brasil. Leia mais.

Brasil chega a 550 mil mortes causadas pela Covid-19; 578 foram nas últimas 24 h

O Brasil registrou nesta segunda-feira (26) a marca de 550 mil mortes causadas pela Covid-19. Nas últimas 24 horas, foram 578 mortes e 18.999 novos casos da doença, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Leia mais.

Painel da Vacina: Brasil segue em 66º no ranking global e é 4º no total de doses

O Brasil segue em 66º lugar no ranking global de aplicação de doses da vacina contra Covid-19 nesta segunda-feira, na relação a cada 100 habitantes. O país, que iniciou a vacinação há mais de cinco meses, já esteve na 56ª posição desse ranking e chegou a descer para a 70º – nas últimas semanas chegou a 68º lugar. Leia mais.

Município do Rio de Janeiro retoma calendário de vacinação nesta quarta-feira (28)

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou a retomada da vacinação contra a Covid-19 nesta quarta-feira (28). A aplicação da primeira dose do imunizante está suspensa desde sábado (24). A informação veio após o anúncio do Ministério da Saúde sobre o envio de nova remessa de vacinas para os estados ainda nesta segunda-feira. A distribuição das doses pela Secretaria de Estado de Saúde aos municípios fluminenses deve ser feita na terça-feira (27), pela manhã. Leia mais.

Vacinação com AstraZeneca-Pfizer aumenta o nível de anticorpos contra a Covid-19, diz estudo

Uma vacinação mista com a primeira dose de AstraZeneca e depois uma injeção da vacina da Pfizer contra Covid-19 aumentou os níveis de anticorpos neutralizantes em seis vezes em comparação às duas doses da AstraZeneca, mostrou um estudo da Coreia do Sul. Leia mais.

Vacinas de produtoras diferentes só em casos de exceção, diz Ministério da Saúde

A secretária Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 do Ministério da Saúde, Rosana Leite, afirmou em coletiva de imprensa nesta segunda-feira que grávidas que receberam a primeira dose da vacina AstraZeneca podem receber a segunda dose de outro imunizante. Segundo a secretária, a intercambialidade — como é chamado o processo — deve ser feita preferencialmente com a vacina da Pfizer. Leia mais.

Exoneração de servidor suspeito de receber propina teve impacto em vacinação

Depois que seis cidades pararam a vacinação de primeira dose contra a Covid-19, o ministério envia, nesta terça-feira (27) e quarta-feira (28), quase 9,5 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 aos estados de modo a atender a demanda dos prefeitos para dar andamento à imunização no país. A mudança na Diretoria de Logística do Ministério da Saúde é apontada por fontes ouvidas pela CNN como motivo para o atraso na distribuição de doses de vacinas contra a Covid-19. Leia mais.

Estudo aponta que vacinação contra a Covid-19 avança de forma desigual em SP

Um estudo feito pelo laboratório de Arquitetura e Urbanismo da USP apontou que a vacinação contra a Covid-19 avançou de forma desigual nos bairros periféricos em São Paulo. Em entrevista à CNN nesta segunda-feira, a coordenadora do levantamento, Raquel Rolnik, explicou que busca mapear a “territorialização da pandemia, de que forma ela está se localizando nos diferentes territórios da região metropolitana e a distribuição da vacinação”. Leia mais.

SP: Site ‘De Olho na Fila’ vai informar tipo de imunizante para 2ª dose

A capital paulista vai informar o fabricante de imunizantes contra a Covid-19 para quem precisa tomar a segunda dose. Nos próximos dias, a prefeitura de São Paulo deve disponibilizar uma aba no site “De Olho na Fila”, que atualmente é usado para as pessoas identificarem a movimentação nas unidades de saúde, para informar os fabricantes de vacinas em cada posto. Leia mais.

Brasil, Argentina e outros latinos superam média mundial de aplicação de doses

Cerca de 27,1% da população mundial recebeu ao menos uma dose de vacina contra a Covid-19, segundo dados do site Our World in Data. No entanto, alguns países latinoamericanos ultrapassaram – uns por muito – a média mundial. Leia mais.

Europa tentou aumentar adesão à vacina com incentivos; agora, testa restrições

Enquanto o ritmo de vacinação contra a Covid-19 na Europa mostra sinais de desaceleração, os líderes de diversos países estão correndo para encontrar respostas para um dilema-chave da próxima fase: como convencer os cidadãos relutantes sobre a importância da vacinação. Leia mais.

Casa Branca diz que taxas atuais de vacinação mostram tendência positiva

As taxas atuais de vacinação nos Estados Unidos estão mostrando uma tendência positiva e refletem o entendimento da população sobre a urgência em se vacinar, disse a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, nesta segunda-feira. Leia mais.

Como a variante Delta bagunçou as suposições sobre o coronavírus

A variante Delta é a mais rápida, mais forte e mais formidável versão do coronavírus que causa a Covid-19 que o mundo já encontrou e está bagunçando as presunções sobre a doença, mesmo no momento em que os países aliviam restrições e abrem suas economias, segundo virologistas e epidemiologistas. Leia mais.

Israel estuda 3ª dose de vacina da Pfizer para pessoas acima de 60 anos

Israel está considerando aplicar uma terceira dose da vacina da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19 para a população idosa, mesmo antes da aprovação da agência regulatória norte-americana FDA, a fim de ajudar a conter a variante Delta do coronavírus, disse uma autoridade de saúde nesta segunda-feira. Leia mais.

Mais Recentes da CNN