Vacina russa CoviVac é mais de 80% eficaz contra a Covid-19, diz agência

Empresa apresentou resultados em Fórum Econômico Internacional na cidade de São Petersburgo; última fase de testes clínicos ainda está em andamento

Vacina russa CoviVac é mais de 80% eficaz contra Covid-19, diz agência
Vacina russa CoviVac é mais de 80% eficaz contra Covid-19, diz agência Foto: Aleksandr Kryazhev/Sputnik

Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A CoviVac, terceira vacina da Rússia contra a Covid-19, é mais de 80% eficaz, de acordo com dados preliminares mencionados pela agência de notícias russa Interfax, nesta quarta-feira (2)

Além disso, a Interfax informou que o Centro Chumakov, produtor do imunizante, pode fazer até seis vezes mais do que os 10 milhões de doses da vacina planejados anteriormente por ano.

“A eficácia da vacina ultrapassa 80%, mas a fase final dos testes ainda não acabou”, disse a empresa.

Ainda de acordo com a agência de notícias, o centro de pesquisas apresentou os resultados em um estande do Ministério da Ciência e Ensino Superior da Rússia no Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo.

Em fevereiro, o primeiro-ministro russo, Mikhail Mishustin, afirmou na TV estatal que o país havia aprovado a CoviVac para uso doméstico, embora testes clínicos em larga escala ainda não tivessem começado.

O Centro Chumakov, fundado em 1955 em São Petersburgo por Mikhail Chumakov, é conhecido pelo seu trabalho com o cientista Albert Sabin, no auge da Guerra Fria, que levou à produção da vacina contra o pólio.  

(Com informações da Reuters)

Mais Recentes da CNN