Vacina russa é 91,4% eficaz no 28º dia após a aplicação e 95% eficaz no 42º dia

Responsáveis pelo desenvolvimento do imunizante contra o novo coronavírus deram mais detalhes dos estudos

André Rigue, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A vacina russa contra o novo coronavírus Sputnik V é 91,4% eficaz no 28º dia após a aplicação da primeira dose e 95% eficaz no 42º dia (correspondente a 21 dias após a segunda dose), segundo informaram membros do Instituto Gamaleya de Moscou, responsável pelo desenvolvimento do imunizante.

O chefe do fundo soberano do país, que financia a pesquisa, Kirill Dmitriev, CEO do Fundo de Investimentos Diretos da Rússia (RDIF), deu mais detalhes sobre a terceira fase de testes e afirmou que a Rússia pretende produzir mais de 1 bilhão de doses da vacina no próximo ano.

Leia também:
Quando as vacinas contra a Covid-19 estarão disponíveis para os brasileiros?

Enfermeira prepara vacina russa Sputnik V contra Covid-19 para aplicação em Mosc
Enfermeira prepara vacina russa Sputnik V contra Covid-19 para aplicação em Moscou
Foto: Tatyana Makeyeva/Reuters (17.set.2020)

Kirill Dmitriev afirmou ainda que a Sputnik V “terá um preço significativamente mais baixo do que outros rivais com níveis de eficácia semelhantes”. Segundo o CEO, o valor da dose será abaixo de US$10 no mercado internacional.

São necessárias duas doses.

Os cálculos foram coletados em análise de dados de 18.794 voluntários que receberam a primeira e segunda dose da vacina ou placebo. Foram 39 casos confirmados da doença no estudo até o dia 23 deste mês.

Com informações de Andrew Osborn, da Reuters.

Mais Recentes da CNN