Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Vacinação contra a Covid-19 terá campanha anual para crianças e grupos de risco

    Idosos, gestantes, profissionais da saúde e pessoas com deficiência permanente estão entre o público prioritário

    Bruno LaforéAnderson Oliveirada CNN

    Em São Paulo

    A vacina contra a Covid-19 entrará no calendário de vacinação infantil a partir de 2024. A vacinação será destinada a crianças a partir de 6 meses e até os 5 anos de idade.

    A imunização contra a doença também entrará no calendário anual de vacinas dos grupos considerados de maior risco para a doença, como idosos, gestantes, profissionais da saúde e pessoas com deficiência permanente.

    Vídeo: Pesquisa aponta que humanos podem transmitir Covid-19 para animais de estimação

    Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira (31) pelo Ministério da Saúde, a secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente, Ethel Maciel, informou que o Brasil deve ter uma vacina contra a Covid-19 remodelada a cada ano, como já ocorre com o imunizante contra a Influenza.

    Ainda segundo a secretária, a incorporação da vacina que protege contra o coronavírus no calendário nacional de vacinação é uma mudança que está de acordo com as atuais diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS).

    “Nós temos 42 pessoas morrendo todos os dias no Brasil, por isso, o alerta é sempre importante. A Covid-19 é uma doença de monitoramento para o Ministério da Saúde”, ressaltou a secretária.

    Veja os grupos que serão priorizados na campanha anual de vacinação contra a Covid-19:

    • crianças de 6 meses a menores de 5 anos
    • idosos
    • imunocomprometidos,
    • gestantes e puérperas
    • trabalhadores da saúde
    • pessoas com comorbidades
    • indígenas, ribeirinhos e quilombolas
    • pessoas vivendo em instituições de longa permanência e seus trabalhadores
    • pessoas com deficiência permanente
    • pessoas privadas de liberdade maiores de 18 anos
    • adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas
    • funcionários do sistema de privação de liberdade
    • pessoas em situação de rua