Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Vacinação das crianças acima dos seis meses é questão de tempo, diz médica

    Duas crianças com menos de cinco anos morreram por dia no Brasil em decorrência da Covid-19 em 2020 e 2021, segundo dados da Fiocruz

    Lucas Schroeder e Ludmila Candalda CNN

    Em São Paulo

    Ouvir notícia

    De acordo com dados do Observatório de Saúde na Infância, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), duas crianças com menos de cinco anos morreram por dia no Brasil em decorrência da Covid-19 em 2020 e 2021.

    Em entrevista à CNN nesta sexta-feira (1º), a médica pediatra e professora da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), Ana Escobar, falou sobre a importância das crianças acima dos seis meses receberem a vacina contra a Covid-19.

    Segundo a médica, “a vacina é, de longe, a melhor forma de proteção contra a Covid-19. As crianças têm condições de receber esse imunizante tranquilamente. Acreditamos que é uma questão de tempo para que elas comecem a ser vacinadas”.

    A cerca de duas semanas, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos autorizou o uso dos imunizantes da Moderna e da Pfizer/BioNTech para crianças acima dos seis meses. No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) avalia a aplicação da vacina nessa faixa etária.

    Ana Escobar alertou para a desinformação sobre as vacinas e pediu para que os pais “procurem conhecimento de fontes fidedignas, como os veículos da grande imprensa, por exemplo”.

    A médica acrescentou que “não há dúvidas de que os imunizantes disponíveis são seguros. Nós não podemos deixar as crianças acima de seis meses sem vacina”.

    Veja a íntegra acima

    Mais Recentes da CNN