Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Veja os perigos do fentanil e como as pessoas podem prevenir overdoses

    Especialista ouvida pela CNN dá dicas de como familiares podem evitar droga que vem causando diversas mortes nos Estados Unidos

    Frascos de fentanil
    Frascos de fentanil Darwin Brandis/Getty Images

    Katia Hetterda CNN

    Os Estados Unidos estão enfrentando uma crise de mortes por overdose. Em 2021, mais de 106 mil americanos perderam a vida devido a overdoses envolvendo drogas – incluindo mais de 1.100 adolescentes apenas naquele ano.

    Os opioides sintéticos, envolvendo principalmente a poderosa droga fentanil, são o principal fator de mortes por overdose, com um aumento geral de quase 7,5 vezes de 2015 a 2021, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA. Overdoses e envenenamentos são a terceira principal causa de morte em crianças e adolescentes de 19 anos ou menos.

    Em 2022, a US Drug Enforcement Administration apreendeu mais de 50 milhões de pílulas falsas e mais de 4.500 quilos de fentanil. Tudo isso ocorre quando pais e cuidadores estão cada vez mais preocupados com envenenamentos por fentanil entre adolescentes e jovens adultos que, sem saber, consomem pílulas com fentanil vendidas ilegalmente sob o disfarce de uma droga menos potente.

    Muitas pessoas podem não saber sobre o fentanil e seus usos legítimos, mas é útil – e potencialmente salvador – saber o que o torna tão perigoso e o que pode ser usado para reverter seus efeitos.

    O fentanil é diferente do tranquilizante animal xilazina, também conhecido por seu nome popular, “tranq”, mas eles estão sendo cada vez mais usados juntos. Existe uma maneira de saber se os medicamentos falsificados contêm fentanil ou xilazina? E como os pais e familiares preocupados podem proteger seus entes queridos de uma overdose de fentanil?

    Para nos guiar através de perguntas sobre esses medicamentos, conversei com a analista médica da CNN, Dra. Leana Wen, médica de emergência e professora de política e gerenciamento de saúde na Escola de Saúde Pública do Instituto Milken da Universidade George Washington.

    Ela também é presidente do conselho consultivo do Behavioral Health Group, uma rede de centros de tratamento e recuperação de opioides ambulatoriais nos Estados Unidos. Anteriormente, ela atuou como comissária de saúde de Baltimore, onde supervisionou a estratégia de prevenção de opioides da cidade.

    CNN: O que é fentanil e para que deve ser usado?

    Dra. Leana Wen: O fentanil é um opioide extremamente poderoso. É entre 50 e 100 vezes mais potente que a morfina, que é outra droga opioide comum.

    Existem usos médicos legítimos para o fentanil. Por exemplo, pacientes com câncer que têm dores terríveis podem sentir alívio com um adesivo ou pastilha de fentanil. Ou alguém que acabou de quebrar o braço e precisa de alívio imediato da dor pode se beneficiar de uma injeção de fentanil.

    Esses eventos são casos em que os pacientes recebem fentanil em ambientes médicos apropriados, para indicações médicas específicas. A maioria das overdoses de opioides não se deve ao fato de o fentanil ser desviado de um propósito médico legítimo.

    Muito fentanil está sendo fabricado em laboratórios ilegais e clandestinos. É esse fentanil sintético usado ilegalmente que é mais frequentemente associado a mortes recentes por overdose.

    Fentanil arco-íris, droga em forma de pílulas coloridas / Drug Enforcement Administration

    CNN: O que torna o fentanil tão perigoso?

    Wen: O fentanil, como outros opioides, causa sonolência e sedação. Alguém que toma muito fentanil perde a consciência e para de respirar. Em minutos, eles podem morrer porque não estão respirando e não estão recebendo oxigênio para seus órgãos.

    Como o fentanil é um opioide tão potente, tomar mesmo uma pequena quantidade pode ser mortal. Outro elemento que torna o fentanil tão perigoso é que muitas pessoas podem não estar cientes de que estão tomando a droga poderosa. É muito barato de fazer, então alguns traficantes estão misturando fentanil com outras substâncias ilícitas, como heroína, benzodiazepínicos, cocaína, MDMA (comumente conhecido como ecstasy ou molly) e metanfetaminas.

    O fentanil também pode ser feito em forma de pílula e pode ser misturado com outras pílulas falsificadas. Algumas pessoas podem pensar que estão tomando um opioide menos potente, como a oxicodona, mas na verdade estão tomando fentanil.

    CNN: O que pode ser usado para reverter os efeitos do fentanil?

    Wen: Existe um antídoto para opioides, a naloxona, que pode reverter os efeitos dos opioides, incluindo o fentanil. A naloxona está disponível como spray nasal e como injeção intramuscular.

    Eu recomendaria enfaticamente que qualquer pessoa que usa opioides – sejam opioides prescritos ou drogas ilícitas – carregue naloxona com eles. Se eles estão tomando uma overdose, não podem salvar a própria vida, mas é provável que as pessoas que usam drogas estejam perto de outras que também usam e podem ajudar a reanimar outras pessoas.

    Além disso, eles poderiam dizer a amigos e familiares com antecedência onde está sua naloxona, para que as pessoas ao seu redor possam administrá-la se forem encontrados sem resposta.

    Os familiares daqueles que usam opioides também devem levar naloxona e garantir que aprendam a usar esse antídoto. Alguém que tomou fentanil pode precisar de mais de uma dose para ser reanimado.

    É extremamente importante também ligar para a emergência se alguém não responder e tiver uma provável overdose. Não espere que os paramédicos cheguem antes de administrar naloxona – administre o mais rápido possível. Mas, novamente, certifique-se de ligar para a emergência para obter atendimento médico imediato.

    CNN: A naloxona funciona com outras drogas, como heroína, benzodiazepínicos ou o tranquilizante animal xilazina?

    Wen: A naloxona funciona para reverter as overdoses de heroína. No entanto, não funciona contra os benzodiazepínicos, que são uma classe separada de medicamentos dos opioides.

    Também não parece funcionar contra a xilazina, que é um tranquilizante não aprovado para uso em humanos, mas é comumente usado para sedar animais grandes, como cavalos. A xilazina, comumente referida como tranq, também foi encontrada misturada com outras drogas e também pode ser fatal.

    Esse é outro motivo para ligar para a emergência quando encontrar alguém com suspeita de overdose. Mesmo que eles tenham tomado fentanil ou outro opioide, há uma chance de que eles também tenham algo mais em seu suprimento de medicamentos que pode não responder à naloxona.

    CNN: Existe uma maneira de saber se os medicamentos falsificados contêm fentanil?

    Wen: Você não pode dizer apenas olhando para a droga. Às vezes, os medicamentos falsificados parecem diferentes dos medicamentos reais porque vêm em embalagens de baixa qualidade ou têm formato, marcações ou cores irregulares, mas muitas vezes parecem quase idênticos. Você também não pode dizer simplesmente olhando se pode estar contaminado com fentanil.

    Existe um método, defendido por defensores da redução de danos, para testar fentanil em suprimentos de drogas usando tiras de teste de fentanil. Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA têm mais informações sobre como usar esse teste.

    Observe que só porque uma pílula não contém fentanil, isso não significa que todas as pílulas desse fornecedor não o tenham. Além disso, as tiras de teste de fentanil não captam xilazina ou outros contaminantes potencialmente mortais.

    CNN: E como os pais e familiares preocupados podem proteger seus entes queridos de overdoses de fentanil?

    Wen: Ensine a seus filhos que medicamentos falsificados geralmente estão contaminados com fentanil e qual é o perigo do fentanil. Uma pequena quantidade pode interromper a respiração e ser fatal. Eles não devem confiar no que estão recebendo de um fornecedor ilícito; é como jogar roleta russa, pois você não sabe se pode conter fentanil.

    Conheça os sinais de overdose e leve naloxona com você. Você pode perguntar sobre como obter naloxona em sua farmácia local, e muitos departamentos de saúde estaduais e municipais também oferecem naloxona. Para adolescentes viciados em opioides ou que usam drogas por causa de outras condições subjacentes, como depressão ou ansiedade, há ajuda disponível. Comece entrando em contato com seu pediatra.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original