Espaçonave chinesa deve pousar em Marte em maio de 2021


Por Liangping Gao e Ryan Woo, da Reuters
29 de outubro de 2020 às 05:28
O Tianwen-1 da China decolou por volta das 12h (horário local) desta quinta

A nave Tianwen-1 da China 

Foto: Twitter/ Space Today/ Reprodução


Espera-se que uma espaçonave chinesa aterrisse em Marte em maio, informou a mídia estatal do país nesta quinta-feira (29), citando um oficial da agência espacial.

A espaçonave, que deixou a Terra em julho, deve pousar em Utopia Planitia, uma planície no hemisfério norte de Marte, segundo o China News Service informou, citando Liu Tongjie, porta-voz da missão de Marte.

Leia também:
China anuncia sucesso em teste com nave espacial 'reutilizável'

China envia missão para Marte e alavanca corrida espacial com EUA

 


Outras naves espaciais, lançadas pelos Estados Unidos e pelos Emirados Árabes Unidos neste ano, também estão a caminho de Marte, embora apenas a americana tenha planos de pousar.

Em 2003, a China se tornou o terceiro país a colocar um homem no espaço com seu próprio foguete após a ex-União Soviética e o Estados Unidos.

O governo chinês fez da exploração espacial uma prioridade nos últimos anos, enquanto tenta se tornar uma grande potência espacial até 2030.

 (Reportagem de Liangping Gao e Ryan Woo
Edição de Robert Birsel)