Nasa divulga primeira foto colorida de Marte captada pelo Perseverance

Cientistas informaram que robô está em perfeito estado e divulgaram novas fotos de Marte

Anna Satie, da CNN em São Paulo
19 de fevereiro de 2021 às 17:58 | Atualizado 20 de fevereiro de 2021 às 16:37
O planeta Marte
O planeta Marte
Foto: Divulgação/Nasa

Cientistas da Nasa, a agência espacial americana, divulgaram nesta sexta-feira (19) a primeira foto colorida de Marte captada pelo Perseverance —robô que pousou no solo do planeta vermelho nesta quinta (18). 

A imagem, que mostra o solo acidentado e um pouco do céu, é a primeira com cores naturais. As anteriores haviam sido coloridas artificialmente. Veja:

Primeira imagem colorida de Marte captada pelo robô Perseverance
Primeira imagem colorida de Marte captada pelo robô Perseverance
Foto: NASA/JPL-Caltech (19.fev.2021)

Os pesquisadores também mostraram outras fotos inéditas.

A sonda Perseverance se prepara para aterrissagem em Marte
A sonda Perseverance se prepara para aterrissagem em Marte
Foto: NASA/JPL-Caltech
Pouso do Perseverance foi captado por supercâmera da Nasa
Pouso do Perseverance foi captado por supercâmera da Nasa
Foto: Nasa/JPL-Caltech
Roda do robô Perseverance, que vai explorar a superfície de Marte
Roda do robô Perseverance, que vai explorar a superfície de Marte
Foto: Nasa/JPL-Caltech

Durante conferência, os funcionários da Nasa também disseram estar extremamente satisfeitos com a aterrissagem, que aconteceu num local "sem pedras, encostas ou grandes declives", descreveram. 

A cratera de Jezero, onde o Perseverance está agora, foi escolhida por mostrar sinais promissores de já ter abrigado vida. Há bilhões de anos, o local era o delta de um rio, que pode abrigar micróbios marcianos fossilizados.

"O robô está ótimo e passa bem na superfície de Marte, continua altamente funcional e incrível", disse Pauline Hwang, gerente estratégica da missão do robô. 

Os cientistas da Nasa disseram ainda que aguardam para ver se o áudio do rover funciona —se sim, poderemos ouvir pela primeira vez os sons daquele planeta. 

A agência já havia tentado incorporar microfones em outras missões anteriormente. Uma delas, a Polar Lander, falhou, e a outra, Phoenix Lander, nunca ligou o instrumento.