Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Apple abandona couro e promete produtos neutros em carbono até 2030

    Empresa também anunciou novidades envolvendo o uso de materiais reciclados nos iPhones 15 Pro e 15 Pro Max

    Logo da Apple
    Logo da Apple Yves Herman/Reuters (28/11/2022)

    Renata Souzada CNN

    São Paulo

    Em um ambicioso plano focado em sustentabilidade, a Apple anunciou novidades envolvendo o uso de materiais reciclados e emissão de carbono, durante a apresentação dos seus novos produtos na última terça-feira (12).

    Segundo informações divulgadas pela empresa, tanto o iPhone 15 Pro quanto o iPhone 15 Pro Max possuem um total de 20% de conteúdo reciclado ou renovável.

    Ambos os modelos são fabricados com alumínio 100% reciclado para a estrutura interna e cobalto 100% reciclado na bateria.

    Além disso, os aparelhos também incluem elementos de terras raras 100% reciclados em todos os ímãs e ouro 100% reciclado no conector USB-C.

    Em relação às substâncias nocivas, a Apple anunciou que os dois novos iPhones não contêm berílio, retardantes de chama bromados, PVC, ftalatos, arsênico no vidro do ecrã e mercúrio.

    Emissão de carbono

    De acordo com a Apple, o objetivo é tornar todos os seus produtos neutros em termos de carbono até 2030.

    Com isso, as emissões totais do elemento feitas pela empresa serão reduzidas para 9,6 milhões de toneladas métricas — o que significa uma redução de pelo menos 75% em relação à  linha de base de 2015, segundo informações da gigante da tecnologia.

    Para atingir a meta, a fabricante planeja completar a transição para uso de eletricidade 100% limpa em suas fábricas e para a utilização de seus produtos. Além disso, a Apple também afirma que priorizará o transporte não aéreo, como as vias marítimas e ferroviárias, além da utilização de materiais reciclados e de baixo carbono.

    Lisa Jackson, vice-presidente de iniciativas ambientais, políticas e sociais da Apple, disse que o Watch Series 9 da empresa será o “primeiro produto neutro em carbono” da empresa. Segundo ela, essa informação foi certificada por um terceiro independente.

    Jackson também informou que a empresa não usará mais couro em nenhum dos seus novos produtos, incluindo as pulseiras de relógio. Para substituir o material será utilizado um tecido chamado “tecido fino”.

    O tal tecido fino será produzido com 68% de material reciclado, proporcionando uma pegada de carbono significativamente menor do que o couro, disse a Apple.

    FOTOS – iPhone 15: conheça novos modelos da Apple

    *Com informações da CNN