Brasil é o país com mais infiéis na América Latina, segundo aplicativo de namoro

Além do Brasil, Colômbia, México, Argentina e Chile ocupam os cinco primeiros lugares da lista

Brasil concentra maior número de usuários de aplicativo de relacionamentos extraconjugais na América Latina
Brasil concentra maior número de usuários de aplicativo de relacionamentos extraconjugais na América Latina Pixabay

Luana Franzãoda CNN*

Em São Paulo

De acordo com uma pesquisa do aplicativo de namoro Gleeden, o Brasil é o país com mais infiéis da América Latina.

O site, que nasceu na França em 2009, é específico para encontrar parceiros para relações extraconjugais — o Brasil teve o crescimento mais rápido da plataforma na América Latina durante o primeiro ano de operação.

Mais de 9 milhões de pessoas usam o aplicativo de namoro ao redor do mundo, e aproximadamente 1,5 milhão na América Latina. Até o fim de 2022, a empresa espera atingir a marca de meio milhão de usuários no Brasil.

Os países com mais infiéis, segundo aplicativo de namoro

Segundo um estudo realizado pelo aplicativo de namoro Gleeden, os cinco países com mais traidores de relacionamentos românticos na região são:

  1. Brasil
  2. Colômbia
  3. México
  4. Argentina
  5. Chile

Também em um estudo realizado pelo aplicativo com 12 mil brasileiros, o principal motivo apontado para a infidelidade conjugal foi o desgaste do relacionamento.

No Brasil, os aplicativos de namoro têm se tornado um dos principais alvos para crimes cibernéticos, onde as principais vítimas são o público LGBTQIA+ e as mulheres mais velhas.

Com informações da CNN em Espanhol.

*Sob supervisão.